Novo Hamburgo 3×1 São José – Estádio do Vale

Juba corre para o abraço: contestado atacante marcou o primeiro gol anilado. Foto: Jornal VS.

Novo Hamburgo confirmou o FAVORITISMO dado pela equipe do Toda Cancha: 3×1 fácil no combinado dos vendedores da Multisom. A equipe anilada saiu na frente com um gol de Juba, o Odiado. O jogador, que NUNCA faz algo certo, confirmou as expectativas e deu assistência para o gol do Zequinha, que igualou o placar no final da primeira etapa. No segundo tempo, a equipe do nosso amigo Noveletto não compareceu, e em um pênalti cometido pelo Roberto Carlos melhorado, Anderson Pico, Macaíba deu a vantagem para a equipe do Vale dos Sinos. A cidade de Novo Hamburgo não possui quartel, mas o Marlon mostrou o que é um CANHÃO: belo chute de primeira do lateral-esquerdo anilado, aproveitando-se do fato de Pico estar preocupado onde é a copa do Estádio do Vale.

Homem do jogo

Preto foi o quem ditou o ritmo da partida: deu um passe espetacular que, se fosse um jogador tricolor ou colorado, estariam GOZANDO, para o primeiro gol. O camisa 7 vem honrando sua alcunha de MAESTRO DO CALÇADO: como um gerente de fábrica nos 1980, ele trouxe o PROGRESSO pro time de Novo Hamburgo.

Torcidas

Um estádio totalmente vazio, até esse que vos escreve não compareceu (vergonha). O fato interessante foram os 16 torcedores do São José que portavam duas bandeiras que dava para cobri-los e ainda fazer uma sala de estar.

GAUCHÃO 2012

NOVO HAMBURGO 3X1 SÃO JOSÉ

Local: Estádio do Vale

Novo Hamburgo: Eduardo Martini; Chicão, André Paulino, Luis Henrique e Marlon; Marcio Hahn (Leandrinho), Zaquel, Preto e Clayton (Mendes); Paulinho Macaíba e Juba (Alexandre). Técnico: Itamar Schulle

São JoséTiago; Glauco, Fernando (Xavier), Fabiano Eller; Anderson, Reinaldo; Leandro Leite, Marabá (Edilson), Cléber (Anderson); Francisco Alex e Franciel. Técnico: Agenor Piccinin

Gols: Juba (28′ do 1T) e Fernando (42′ do 1t). Paulinho Macaíba (18′ do 2T) e Marlon (24′ do 2T)
Arbitragem: Márcio Cristiano Brum Coruja, auxiliado por Lúcio Beiersdorf Flor e Sedenir Martins

Placar Moral

Pelo futebol apresentado pelas duas equipes, e o fato do time do São José ser do nosso nada amigo Noveletto, deveria ter sido uns 5×0 pro Nóia

Da Banca 8 para o Mundo: Maurício Klaser

Publicado em Gauchão 2012, Novo Hamburgo com as tags , , . ligação permanente.

2 Respostas a Novo Hamburgo 3×1 São José – Estádio do Vale

  1. Dado o número de vendedores ociosos em cada loja da Multisom, o fracasso só pode ser creditado à falta de ritmo de jogo.

  2. Dado o número de vendedores ociosos em cada loja da Multisom, o fracasso só pode ser creditado à falta de ritmo de jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *