Cerâmica 2×2 Juventude – Estádio Vieirão

Bruno Salvador empata o jogo: os quatro gols do jogo saíram de bolas alçadas na área. Foto: Edgar Vaz/E.C. Juventude.

O embate de Gravataí entrou para a história como o primeiro jogo do Cerâmica na Primeira Divisão do PORONGÃO. E o atacante Dinei tratou de fazer o primeiro tento histórico do Tricolor, ao escorar de cabeça um escanteio cobrado logo no início do jogo. Com o calor GABONÊS que aturdia a Grande Porto Alegre, o jogo tornou-se lento com o passar do tempo. Após a parada técnica, o Juventude chegou ao empate também de bola parada, com Bruno Salvador. E a primeira etapa terminou com pressão do Papo para cima de um Cerâmica encolhido, para desespero do técnico Lico Freitas.

Na volta do intervalo, as duas equipes aceleraram o ritmo com muitas jogadas de flanco. O Cerâmica fez jus ao seu motor Chevrolet cravado no peito e passou rapidamente a frente no placar: Dinei invadiu a área pela direita e deixou Leo Mineiro livre para escorar. Aturdido pelo revés, Picolli mandou o Papo ao ataque no melhor estilo GALETO Y ME VOY, alçando bolas na área a partir do meio-campo, enquanto o Tricolor se retrancava. Já no apagar das luzes, ZULU se aproveitou do bate-rebate na área e colocou justiça no placar.

Homem do jogo

O centroavante Dinei marcou o primeiro tento do jogo e entrou para a história do Cerâmica. Caindo também pelos flancos, fez a bela jogada do segundo gol gravataiense.

Torcidas

Os ceramistas lotaram o pavilhão social do Vieirão, apesar dos 49ºC, e apoiaram o time o tempo todo. Embora em número diminuto, os juventudistas não ficaram atrás, ainda que sem proteção do Sol.

GAUCHÃO 2012
CERÂMICA 2X2 JUVENTUDE
Local: Antônio Vieira Ramos (Gravataí)
Cerâmica: César; Djair, Marcão, Fábio Silva; Rogerinho, Robson, Nunes, Cidinho (Rodrigo Zeferino), Pedro; Léo Mineiro (Feliphe), Dinei (Maurinho). Téc.: Lico Freitas
Juventude: Jonatas; Rafael Pereira, Ricardo Filho, Bruno Salvador; Rafael Mineiro (Nico Martinez), Tássio (Dagoberto), Nem, Athos, Alan; Jonatas Belluso (Eraldo), Zulu. Téc.: Antônio Picoli
Gols:  Dinei 5/1T, Léo Mineiro 12/2T (C); Bruno Salvador 37/1T, Zulu 45/2T (J).
Arbitragem: Fabrício Neves Corrêa

Placar Moral

As duas equipes tiveram momentos de retração e ousadia y alegria ao longo do jogo. O empate sempre se mostrou o mais justo e condizente com a peleia

Da Central de Informações João Goulart, Zezinho

Publicado em Cerâmica, Gauchão 2012, Juventude com as tags , , . ligação permanente.

2 Respostas a Cerâmica 2×2 Juventude – Estádio Vieirão

  1. Zulu mostrando seu lado artilheiro: não tocou na bola durante o jogo e encaçapou o gol que fez jus ao placar moral.

    Mas tem que melhorar muito, heinhô!

  2. Heitor diz:

    Time mostrou poder de reação, mas parece faltar sangue frio para dominar uma partida de futebol. Mais uma vez um time que não cindiz com a história do clube. Vamos ver como se sai o Mitiseilaoque … esse mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *