Veranópolis 5×2 Juventude – Estádio Antônio David Farina

E começou o Campeonato Gaúcho para o Veranópolis – o Diretor de Futebol, Dirceu Paulo Salla, dizia em todas entrevistas que a partir da 4ª rodada veríamos o verdadeiro futebol do VEC. Eu só não esperava que ele fosse tudo isso que pude ver. Foi um toque de bola intenso e objetivo com o coração na ponta do Kichute. Resultado: nada mais, nada menos que 5 tentos na Cidadela do então líder do grupo 1 e invicto Juventude, fora o baile…

Apesar da diferença de estrutura e história VEC X JU sempre foi clássico e sempre será, ao menos para a torcida Veranense. A vitória era só o que interessava para o grupo PENTACOLOR, pois as 2 derrotas consecutivas já faziam o torcedor questionar se o time era ou não competitivo. Já o time caxiense me pareceu tranquilo demais e após a espetacular partida frente ao Grêmio subiu no salto e tentou desfilar pelo gramado do La Farinera.

Homem do Jogo: Difícil citar apenas um destaque no Veranópolis, o time foi bem como um todo e a entrega dos jogadores em campo era surpreendente, mas cito o eterno Lê, centroavante matador, habilidoso e solidáiro com a defesa, fez 2 gols e ainda deixou Maranhão pifado pra fechar a fatura. Menção honrosa também para Dener, lateral da base do Grêmio que vem jogando muito e ontem fez mais um partidaço.

Torcida: Num jogo como o de ontem, em horário de boate, com transmissão pelo pay-per-view e com a torcida colorada/veranense dividida em ficar em casa e ir pro estádio, tivemos uma boa presença do público, considerando que já faz tempo a ASSISTÊNCIA não passa das mil cabeças na TERRA DA LONGEVIDADE. Todos com muita tranquilidade, claro, já que aqui se vive mais!

Ficha:

Veranópolis(5): Luiz Muller; Raulen, Fred, Émerson e Dener; Marcos Rogério, Sananduva, Eduardinho (Carlinhos) e Diogo Oliveira (Fininho); Danilo Santos (Maranhão) e Lê. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Juventude(2): Jonatas; Rafael Mineiro, Rafael Pereira, Ricardo Filho (Nico Martínez) e Éverton; Deoclécio, Nem, Alan e Athos (Eraldo); Jonatas Belusso (Mityhuê) e Zulu. Técnico: Antonio Picoli.

Gols: Lê (V), aos 26min, no primeiro tempo; Danilo (V), aos 7min, Fred (V), aos 15min, Lê (V), aos 19min, Nico Martínez (J), aos 28min, Zulu (J), aos 37min, e Maranhão (V), aos 43min, no segundo.

Árbitro: Márcio Cristiano Brum Coruja auxiliado por José Antônio Chaves Franco Filho e Sedenir Martins

Cartões amarelos: Marcos Rogério e Eduardinho (V); Deoclécio (J).

Placar Moral:O baile foi tão grande que poderia ter acabado Veranópolis 7×3 Juventude

A foto é de Porthus Junior.

Direto da maior fila de INSS do mundo,
Kid Sangali

Publicado em Gauchão 2012, Juventude, Veranópolis. ligação permanente.

3 Respostas a Veranópolis 5×2 Juventude – Estádio Antônio David Farina

  1. Sem MORAL alguma pra questionar qualquer coisa ocorrida em Veranópolis ontem.

    Perder pro VEC lá não é nada de mais, mas não é admissível fazer fiasco.

    O que mostra que o Ju é um time acertadinho, mas tem que jogar com a corda esticada sempre, senão…

  2. Pois é!!! Foi nítido que o JU achou que a vitória viria ao natural, ou estavam se poupando pro clássico.

  3. Pingback: Dale Pavão da Serra!! Veranópolis 5×2 Juventude « studiosports

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *