Gauchão série A2 – Brasil-Far 3 x 0 Santo Ângelo (Estádio das Castanheiras)

Eu cantarolava alegremente o verso do GAÚCHO DA FRONTEIRA “e quem sabe em fevereiro eu não saia de gaiteiro na Mangueira ou na Portela”, e o mês dois despencou do calendário. Veio março trazendo furiosas águas e a SEGUNDONA GAÚCHA 2012. Apagaram a luz e a briga de foice no escuro começou. Depois de três rodadas, já é possível afirmar que a disputa será mais pegada que carreira em cancha reta! E a SER Santo Ângelo está no meio desse entreveiro.

Carreira em cancha reta? O TODA CANCHA te mostra!

A Sociedade Esportiva e Recreativa Santo Ângelo foi fundada em 26 de setembro de 1989. A SER, como é conhecida na Capital das Missões, é fruto da união de outras três sociedades: Elite Clube Desportivo, Grêmio Esportivo Santo-angelense e Tamoio Futebol Clube. Desde então a Sociedade dedica-se à prática do futebol. Em 2011 o clube passou a Associação Esportiva Santo Ângelo de Futebol, mas o som nas arquibancadas do Estádio da Zona Sul não deixa dúvidas que SER é o grito de toda a gente.

Estádio da Zona Sul, Santo Ângelo-RS

Na década de 1990, o conjunto missioneiro conquistou a segunda divisão (1995) e alcançou o terceiro lugar na primeira, no ano seguinte. Desde então a equipe disputa a antiga SEGUNDONA GAÚCHA, atual Divisão de Acesso. O escudo da SER traz a cruz missioneira, que cravada no peito simboliza a história da fronteira noroeste do RS.

A Cruz que a SER carrega.

Em 2012, o QUADRICOLOR das Missões estreou em casa na primeira rodada da SEGUNDONA. O Estádio da Zona Sul foi o palco da vitória missioneira por placar mínimo, contra o Milan de Júlio de Castilhos. O jogo foi tenso, amarrado e com arbitragem polêmica. Não faltou quem dissesse que o árbitro estava mais perdido que cusco em foguetório. Outros, menos compreensivos, chegaram a lamentar pelo senhor juiz não ter desembarcado em São Miguel das Missões. O quadro santo-angelense foi discreto e o rubro-negro castilhense aguerrido, mas pode colocar três pontos na conta da SER.

Foi uma estreia difícil. Foto: Fernando Gomes.

Pela segunda rodada, a SER enfrentou o Sapucaiense, no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo. E depois de mais de uma hora de atraso pela falta de médico, a bola rolou no campo do Aimoré e o time missioneiro gastou a sola na terra do sapato. Sob um calor de 38 graus e um sol para cada alma no Cristo, a partida transcorreu em RITMO DE SAUNA, onde só se deve ir na boa. A disputa seguiu igual até os 47′ do 2º tempo quando, já no pôr-do-sol, o zagueiro Deivid do Sapuca chutou cruzado e venceu o goleiro Márcio. O jogo só termina quando acaba. Primeira derrota missioneira.

Suor e gol no último minuto. Foto: Tiago da Rosa.

Depois do revés na região metropolitana, o conjunto santo-angelense subiu a serra para enfrentar o Brasil de Farroupilha, domingo passado, no Estádio das Castanheiras. Apesar do forte calor das 15h30min, a equipe serrana foi ao ataque e dominou as ações. Ao final da primeira etapa já vencia por dois gols. Na etapa final, o time de Farroupilha marcou o terceiro e deu números finais ao confronto. Com mais três pregos na cruz missioneira, a SER chega ao final da terceira rodada da Divisão de Acesso com 3 pontos, 1 vitória, 2 derrotas, 1 gol marcado, 4 sofridos. Tem que ganhar em TODA CANCHA, SER!

SER perde segunda, nas Castanheiras. Foto: Jornal das Missões.

O Brasil-Far teve: William Lago; Rodrigo Vareta, Ademir, depois Cris Beato; Everaldo e Ronaldo, depois Sena; Tiago Soler, Tiago Renz, Mazinho e Tiago Rodrigues, depois Michell; Leandro Branco e Raphael Paraíba. Técnico: Leandro Altair Machado.

O Santo Ângelo entrou com: Marcio; Gudi, depois Leandrinho, Gustavo, Rodrigo Ramos, depois Felipinho, e Giovani Marabá; Amaral, Pavão, Donovan e Bruno Flores; Eder Ceccon, depois Paulinho, e Eder Machado. Técnico: Leandro Machado Herthert.

Gols: Mazinho 31’, Rodrigo Vareta 37’ 1º T, Everaldo 38’ 2º T (Brasil-Far).

No apito: Ivanir Beber, auxiliado por Peter Maia e Adalberto Dalavechia.

Na próxima rodada o time das Missões será local contra o Esportivo de Bento, no Estádio da Zona Sul. Que esses ÍNDIOS da FRONTEIRA se mantenham SÓBRIOS e PELEADORES!

In memoriam,

Querida Abuela Júlia (15/08/1926 – 11/03/2012).

Por enquanto na segundona,

Balejos

Publicado em Divisão de Acesso 2012, Santo Ângelo com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

3 Respostas a Gauchão série A2 – Brasil-Far 3 x 0 Santo Ângelo (Estádio das Castanheiras)

  1. excelente texto
    como diria o mestre Grilo, duas palavrinhas para o autor: PARA BÉNS

  2. beretta diz:

    Acho que aquele vídeo ali é um dos melhores da internet. Boa, Balejos!

  3. Pingback: Segundona Gaúcha 2012: a semana da SER Santo Ângelo, os resultados da 5ª rodada e a classificação atualizada. | Toda Cancha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *