Gauchão 2012 – Taça Farroupilha: Internacional 4×0 Veranópolis (Estádio Beira-Rio)

Ontem foi jogada a segunda semifinal da Taça Farroupilha. Em campo estiveram o Internacional e o Veranópolis. Ao vencedor a decisão.

O conjunto colorado vinha de um fracasso contra o Juan Aurich do Peru, no Passo D’Areia dos andes, pela Libertadores da América. Essa incursão vermelha chegou a ser noticiada como a batalha do carpete ou a 1ª taça libertadores de showbol e uma vitória era fundamental para manter o controverso slogan: campeão de tudo, mas o vento soprou para o outro lado da sala montanhosa. Com uma derrota na bagagem e depois da desgastante viagem, o Inter adentrou no Estádio Beira-Rio domingo à tarde.

Na outra metade do retângulo verde estava o quadro do pentacolor da serra. O VEC entrava em campo ostentando o título de campeão do interior e depois de ter superado o São José na altitude do Antônio David Farina, tinha a missão de fazer o crime da tarde amena. Antes da partida, quando o assunto era a vaga para disputar o Brasileiro Série D, as entrevistas de seus dirigentes eram pouco animadoras. A decisão foi prometida para hoje, segunda-feira, mas o cenário apontava para a desistência. O atual patrocinador não está disposto a financiar a jornada e a menos que se consiga um apoiador para investir duzentos mil pilas por mês no clube, não teremos o VEC na D. E pior, o quadro da terra da longevidade, contrariando suas origens, encerrará as atividades ainda no primeiro semestre.

Jesús e o milagre do gol. Foto: Marcelo Campos/FGF.

2 x 1 = 2

O Internacional começou dominando territorialmente a partida e criando situações com o trio ligado DDD – Damião, Dátolo e Dagoberto. Aos 17’, depois de bom deslocamento pela direta de ataque e cruzamento de Dagobeto, o argentino Jesús Dátolo (23) abriu o placar para os vermelhos. O Inter seguia em cima e o VEC, apenas com o atacante e roqueiro Lê na frente, chegava timidamente e sem oferecer perigo real a meta adversária. Os melhores momentos do time da serra foram protagonizados primeiro com uma finalização de Raulen defendida por Muriel, e depois com Eduardinho arriscando de fora da área. Aos 39’, depois de tabela com Dagoberto, novamente, num bate-rebate, o porteño Jesús Dátolo anotou o segundo tento para os da capital. A essa altura o pentacolor da longevidade tinha muitas dificuldades até mesmo para trocar passes curtos ao nível do Mar Guaíba. Fim da primeira etapa.

A bandeira pentacolor em meio aos escombros. Foto: @jeremiaswernek (via twitter).

2 x 2 = 4

Anderson Daronco trilou o apito e a parte final estava em curso. O Veranópolis chegava esporadicamente, mas raramente concluía a gol. Aos 8’, Leandro Damião (9) foi lançado por Jajá – substituto de D’Alessandro que saiu contundido ainda no primeiro tempo -, passou pelo goleiro Luís Müller e, mesmo perdendo o melhor ângulo, empurrou para as redes serranas. Logo depois, aos 19’, Damião cruzou da esquerda e o zagueiro Índio (3) de cabeça-ombro encerrou as festividades da semana indígena no RS. Ainda aos 24′, Emerson (22) achou que a terra não tinha lei e levou vermelho, deixando o VEC com dez homens na cancha. E assim a partida seguiu até o último trilar do apito proferido pelo homem de preto. Fim de jogo.

Ficha da partida

INTERNACIONAL 4 x 0 VERANÓPOLIS

LOCAL: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

ÁRBITRO: Anderson Daronco

ASSISTENTES: José Eduardo Calza e Tatina Jacques de Freitas

CARTÃO AMARELO: Nei (Internacional); Marcos Rogério, Fininho e Leandro Diniz (Veranópolis)

CARTÃO VERMELHO: Emerson (Veranópolis)

GOLS: Dátolo aos 17’ e 39’ do primeiro tempo; Leandro Damião aos 8’; e Índio aos 19’ do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo (Bolívar), Índio e Fabrício; Guiñazu, Sandro Silva, Dátolo e D’Alessandro (Jajá); Dagoberto e Leandro Damião (Jô). Técnico: Dorival Júnior.

VERANÓPOLIS: Luís Müller; Fininho (Vagner), Emerson, Fred e Denner; Marcos Rogério (Leandro Diniz), Eduardinho, Raulen e Paulinho Dias; Diogo Oliveira (Emanuel) e Lê. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Longevo e pentacolor,

Balejos

Publicado em Gauchão 2012, Veranópolis. ligação permanente.

Um comentário em Gauchão 2012 – Taça Farroupilha: Internacional 4×0 Veranópolis (Estádio Beira-Rio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *