Costelão 2012 – A Grande Final

Encerrado o Grenal de número 392, que contou com sal grosso na casamata, foto com 12 jogadores e correria pra cima dos gandulas (coisas de time grande), ficou definido que o Internacional irá fazer a grande final do COSTELÃO 2012 contra o Caxias, no próximo domingo. Portanto, a partir de hoje, trarei para os leitores do Toda Cancha drops diários sobre tudo que envolve a final (com uma ênfase óbvia no time grená), tentando transferir para os carentes de informação os sentimentos e percepções do que acontece aqui na Serra Gaúcha.

Começarei pelo serviço de jogo, anunciado tão logo a bola parou de rolar no Beira Rio.
Caxias e Internacional se enfrentam as 16h do próximo domingo, dia 06 de maio de 2012, no estádio Centenário (Francisco Stédile), em Caxias do Sul. Os ingressos para as arquibancadas custam R$ 60 (mesmo valor para mandantes e visitantes, como manda a lei), e R$ 90 para as cadeiras, estudantes e idosos pagam meia. Visitantes terão 4.500 lugares na curva norte (50% a mais do que os 10% da capacidade do estádio, como estipula o Estatuto do Torcedor), acesso pelo portão 10. Os ingressos podem ser adquiridos na sala de sócios do Caxias, no Posto do Caxias e também nas lojas Multisom.

Dicas úteis:
Torcedor grená:
– Associe-se. por R$ 30 tu pode assistir a final do Gauchão e a estréia na série C, contra o Macaé, no fim do mês. É só passar na sala de sócios, preencher a ficha, acertar o primeiro mês (R$ 30 pila) e sair com  ingresso. Se não quiser manter depois, é só encerrar o plano, sem custo algum. Quase como comprar o ingresso, só que MUITO mais em conta
– Chegue cedo. As ruas no entorno do estádio oferecem estacionamento em bom número, mas não ás 15h45min. Se possível apareça ás 14h e aproveite o clima do jogo no Posto do Caxias e no Espaço Grená. Como de costume, as charangas estarão presentes, a cerveja gelada e perto das 15h o Caxias chega no estádio, a bordo do Falcão 1. A loja Espaço Grená ainda prevê boas promoções de camisetas e demais itens, sem contar a indefectível distribuição de brindes de patrocinadores.
– Entre cedo no estádio. Sei que a tradição manda finalizar o último gole de cerveja no espocar dos fogos que recepcionam o Caxias na entrada de campo, e isso atualmente só pode ser feito do lado de fora do estádio. Porém, evite tumultos, não tem catracas que dêem vazão a 15.000 pessoas em 15 minutos.
– Acredite. As diferenças entre os oponentes são brutais, mas a esperança não se compra. Vai que dá?

Torcedor do Internacional:
– Conheça o caminho. A entrada do setor visitante fica na rua Thomas Beltrão de Queirós. Pode ser acessada pelo bairro Santa Catarina ou pela região do hospital da Unimed. Em outras palavras, NÃO PELO POSTO DO CAXIAS. No último confronto contra o Grêmio alguns desavisados, indicando a natural falta de tato com estádios, tentaram passar por ali, não foi muito bonito.
– Não tente comprar cervejas e petiscos no Posto do Caxias. Apesar dos flashes e charminhos de Bento e Gramado pra cima da dupla de Porto Alegre, Caxias não faz muita questão de ouvir o que se fala lá pelo bonfim ou cidade baixa. E, apesar de alguns BACANAS acharem que os R$ 3 deles “seriam importantes pro Caxias” e “por isso que não tem receita”, não, o seu trocado não faz falta. Consuma o que estiver disponível na rua Thomas Beltrão de Queirós. Sempre tem e sempre terá um espetinho e uma cerveja por lá.
– Não ache que assistindo o jogo no lado grená sem estar torcendo pro Caxias seja uma boa idéia. No último Caxias e Inter descobriram um entusiasta do DALE pelo simples fato de o coitado estar tirando fotos em abundancia do sonho de consumo dele. Não foi nada bonito o que aconteceu depois, nem a turma do “deixa disso” deu folga. Caso não consiga ingressos, assista o jogo do lugar onde sempre assiste (dica: Paulo Brito está envolvido).
– Não escalem o time principal, hehehe.

Para todos os demais, a melhor dica é (além de torcer pro Caxias): acompanhem o minuto a minuto do Toda Cancha (twitter.com/todacancha).

Enfim, amanhã volto com mais informações, com o que aconteceu nesse mês de FÉRIAS do Caxias e com o que vi no Grenal e espero a partir dessa observação. Por enquanto, a principal medida da direção grená foi atrasar os soldos de imediato. Funcionou em 2.000, e não se mexe no que tá ganhando.

Entrando no clima da decisão,
Tiago Zilli

Publicado em Caxias, Gauchão 2012. ligação permanente.

8 Respostas a Costelão 2012 – A Grande Final

  1. Marcelo Biazus diz:

    EXCELENTE texto Tiago! Parece um pouco exagerado, mas só quem tem que aguentar as falcatruas de FGF, arbitragens, e jogadores da capital apitando os jogos contra nós sabe do que tu falas. PARABÉNS! E que os corneteiros sigam esta mesma linha de raciocínio, ACREDITANDO SEMPRE, pois prá SER CAXIAS NADA É FÁCIL!

  2. tiagozilli diz:

    Pois é, vai ser compicado, mas vai que entra aquela bola despretenciosa e tal, hehe. Futebol é futebol!

  3. Marta Detânico diz:

    Gostei! É assim mesmo. Grenás serão muito bem vindos e a festa começa cedo na frente do Estádio tomando cerveja e esperando o Falcão 1 chegar. Aos visitantes, educação nunca fez mal. Portanto sigam as orientações acima. E aos corneteiros de plantão, quem sabe deem uma folga!

  4. Serviço de jogo, essa ferramenta tão em DESUSO na grande imprensa. Parabéns pelo texto, nobre Zilli. Dale Grená!

  5. Anderson Reche diz:

    Parabéns pelo texto e pelo blog Zilli! Infelizmente não poderei comparecer aao jogo, mas estarei na torcida e acompanhando no minuto a minuto! Forte abraço!

  6. Adriana Biazus diz:

    Muito bom o texto, isto é o que a maioria deveria pensar. Deixar de botar lenha na fogueira e acreditar, torcer, para nós Grenás tudo é mais difícil por que se um elefante incomoda muita gente, a Ser Caxias incomoda muito mais! VAMO MEU GRENÁ! EU ACREDITO!

  7. beretta diz:

    COSTELÃO TODA CANCHA!

    Maior arte possível.

  8. gustavo diz:

    boa tiagão, abraço do Momba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *