Gauchão série A2 – São Paulo-RG 2 x 1 Brasil-Pel (Estádio Aldo Dapuzzo)

Jogando em Rio Grande, na noite do dia 30, no estádio Aldo Dapuzzo, frente ao São Paulo, o Xavante mais uma vez foi derrotado. O time da Noiva do Mar foi o responsável pela quarta derrota seguida do adversário na segunda fase da série A2.

Parece que não será neste ano que o Brasil de Pelotas regressará à elite do campeonato gaúcho. Apesar dos esforços da direção do clube, o elenco formado não está correspondendo às expectativas e não conseguiu nenhum ponto na segunda fase do campeonato gaúcho da série A2.

O São Paulo de Rio Grande entrou em campo em clima de guerra. Afinal, o último confronto envolvendo Xavantes e Caturritas terminou numa sonora goleada – de cinco tentos a zero – aplicada pelo rubro-negra no estádio do clube de Rio Grande.

Porém, o time de Pelotas chegou primeiro ao gol. Por volta dos 20 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Jonas – que voltava aos gramados após grave lesão sofrida na série C de 2011, jogando pelo próprio Xavante – cabeceou ao fundo das redes. 1 a 0. Para facilitar mais as coisas, o jogador Maciel, do São Paulo, foi expulso. Parecia que o Brasil teria vida fácil, encaminhando, enfim, a primeira vitória na segunda fase.

Jonas marcou no seu regresso aos gramados após lesão. Foto: Carlos Insaurriaga.

Entretanto, na volta do intervalo, o time de São Paulo não estava disposto a entregar, mais uma vez, os pontos ao rival da cidade vizinha. Ignorando o fato de estar com um homem a menos, a Caturrita chegou ao gol de empate: Robert, depois da falha do zagueiro André Ribeiro, tocou no canto da meta defendida por Luiz Muller. Depois disso, o time da casa cresceu com o apoio de seu torcedor.

Para piorar a situação rubro-negra, William Ribeiro, que há pouco havia entrado em campo, fez falta dura – sem bola – e foi expulso. O Aldo Dapuzzo explodiu. Não demorou muito para a vitória rubro-verde aparecer: Juliano mandou um forte chute, aos 38 do segundo tempo, indefensável para Luiz Muller, decretando a quarta derrota do rival.

O Brasil de Pelotas continua sem vencer na segunda fase e não soma um ponto sequer. O próximo compromisso (ou a próxima derrota?!) ocorre em casa, no estádio Bento Freitas, no próximo domingo (3), às 18h, frente ao Riograndense de Santa Maria.

FICHA

São Paulo-RG: Willian; Mateus, Teda, Cirilo e Marciel; Rodrigo Gaúcho, Alex, Maicon Sapucaia (Jean) e Anderson Ijuí; Robert (Juliano) e Rafael Refatti (Rafael Gaúcho). Técnico: Rudi.

Brasil-Pel: Luiz Muller; Tiago Rannow, André Ribeiro, Jonas e Galego (Willian Ribeiro); Leandro Leite, Dione, Leandro Ezquerra e Alex Goiano; Alex Amado (Alexandre) e Marcos Denner. Técnico: Rogério Zimermann.

Gols: Jonas (Brasil); Robert e Juliano (São Paulo).

Cartões Amarelos: Marciel e Maicon Sapucaia (São Paulo); Alex Goiano (Brasil).

Cartões Vermelhos: Marciel (São Paulo); Willian Ribeiro (Brasil).

Arbitragem: Márcio Coruja, auxiliado por Tatiana Jaques de Freitas e Sedenir Martins.

“Sem muitas esperanças”,

Pedro Henrique Costa Krüger

Publicado em Brasil de Pelotas, Divisão de Acesso 2012, São Paulo-RG. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *