Série D – Brasil-Pel 0 x 0 Arapongas/PR (Estádio Bento Freitas)

Finalmente a bola rolou pelo campeonato brasileiro. A PELEIA de estreia foi contra o Arapongas, do Paraná. O Xavante entrou em campo com uma SOLONÊNCIA incrível. O time visitante não oferecia muitos riscos apesar disso. Era evidente que aquele ritmo lento era interessante aos paranaenses, pois não estavam sofrendo ataques e poderiam num lance isolado abrir o marcador. E a primeira etapa foi lastimável, cancheiros. Não saía nada dos pés dos jogadores. Tanto Brasil quanto Arapongas estavam trocando (e errando) passes, e aquilo parecia não ter fim. Nem o tempo passava.

Na segunda etapa, a partida melhorou. O Brasil voltou mais ligado e criou boas chances durante os primeiros 15 minutos. Tiago Rannow apareceu bem e o meia Alexandre melhorou bastante. O Xavante insistia muito na bola área, porém o time não tem um IBRA da vida fincado dentro da área. O GURI Alex Amado e o VETERA Marcos Denner não têm estatura para competir com os zagueiros adversários. Jogando com a bola nos pés, o Brasil errava muito e pouco conseguiu aproveitar.

Com o passar do tempo, o jogo voltou a ficar mais lento, porém agora o Arapongas estava investindo mais no ataque. Buscava contra golpear sempre que possível. Perto do fim da partida, em um desses contra-ataques, o time visitante quase conseguiu fazer o CRIME PERFEITO, mas Luiz Muller estava atento. Sob algumas vaias, o jogo terminou empatado em 0 a 0. O próximo compromisso Xavante será a DECISÃO na A2, na próxima quarta-feira (27), às 19h no Bento Freitas, frente ao União Frederiquense. O rubro-negro precisa vencer e torcer por um empate entre Passo Fundo e São Paulo-RG, partida que acontece em Passo Fundo no mesmo horário. NÃO TE MIXA. AVANTE!

FICHA

Brasil-Pel: Luiz Muller; Tiago Rannow, André Ribeiro, Fabiano Eller e Tiago Saletti (Washington); Leandro Leite, Dione, Alexandre e Willian Koslowsky; Alex Amado (Willian Ribeiro) e Marcos Denner (Têti). Técnico: Rogério Zimmermann.

Arapongas: Vinicius; Alex Santos, Wesley, Bruno Matavelli e Wanderson Cafu; Russo, Luis Mário (Fabinho), Serginho Catarinense e Ferraz (Edu Amparo); Fágner Azul (Thauan) e Rafael Mineiro. Técnico: Paulo Roberto Santos.

Cartões Amarelos: André Ribeiro, Tiago Saletti e Willian Koslowsky (Brasil); Russo e Luis Mário (Arapongas).

Arbitragem: Marcos Mateus Pereira, auxiliado por Antônio Guimarães Lugo e Leandro dos Santos Ruberdo.

As fotos são do arquivo pessoal do cancheiro Pedro Henrique Costa Krüger.

“De Pelotas para o mundo”,

Pedro Henrique Costa Krüger

Publicado em Brasil de Pelotas, Série D. ligação permanente.

2 Respostas a Série D – Brasil-Pel 0 x 0 Arapongas/PR (Estádio Bento Freitas)

  1. Tchê, na segunda foto o XAVANTE aparenta um 4-4-2 losango…só não entendi porque o lateral e o zagueiro da direita estão olhando para a arquibancada, enquanto os outros 9 jogadores estão atentos à bola no campo…

  2. Maurício Klaser diz:

    Deve ter alguém do Arapongas correndo por ali

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *