Copa RS – São Paulo-RG 1 x 1 Brasil-Pel (Estádio Aldo Dapuzzo)

Grande batalha pela pelota no Dapuzzo. Foto: Marco Maciel/Diário Popular.

Clássico da zona sul no estádio Aldo Dapuzzo! Ontem, em Rio Grande, o Xavante arrancou um empate dentro da cada do rival rubro-verde. Escalado com jogadores que não estavam sendo utilizados na equipe principal (tirando o goleiro Luiz Muller e o zagueiro Fabiano Eller, titulares, que participaram da peleia), o Brasil fez uma boa partida e perdeu grandes oportunidades de trazer os três pontos para Pelotas.

O Leão do Parque não estava para brincadeira e logo tratou de recepcionar a seu modo o visitante pelotense: Dangelo abriu o placar logo aos quatro minutos de jogo. Apesar disso, o time Xavante tinha mais posse de bola e conseguia criar boas chances. A boa atuação poderia ter sido coroada aos 30 minutos quando Márcio Jonatan foi derrubado na área. Porém, Marcos Paraná bateu fraco na bola, facilitando, pois, a defesa ao goleiro adversário. Penalidade defendida por Márcio e o placar permanecia rubro-verde. Ainda no primeiro tempo, Alexandre quase consegue o empate numa bela cobrança de falta, mas Márcio novamente faz boa defesa.

Na volta do intervalo, o técnico Rogério Zimmermann sacou Fabiano Eller e colocou em campo um jogador da base rubro-negra, Ricardo. O técnico Xavante realmente queria avaliar e dar oportunidades a todos de seu plantel. O Brasil continuava em cima, mas pecava na finalização. Após muitas tentativas de Matão, Moisés, Márcio Jonatan e Cia., o gol finalmente saiu. Cirilo lançou bola na área e Washington cabeceou para empatar a peleia.

Depois do gol, o jogo ficou mais disputado. Pelo lado do São Paulo, Tainã teve boa oportunidade de marcar, mas chutou por cima da meta defendida por Luiz Muller; já no lado rubro-negro, no último instante da partida, Marcos Denner invadiu a área, mas o goleiro Márcio conseguiu chegar a tempo e abafou o atacante Xavante. Placar final: São Paulo 1, Brasil de Pelotas também 1. Belo resultado conquistado pelo time de Zimmermann.

O próximo compromisso rubro-negro será complicado. A delegação Xavante se desloca até Blumenau/SC para enfrentar o Metropolitano pela série D do Campeonato Brasileiro. A partida acontece neste domingo (12) às 16 horas. A vitória é fulcral à equipe pelotense. Oremos.

Pela Copa Hélio Dourado o Brasil volta a jogar apenas na quarta-feira, dia 15, às 20 horas no estádio Bento Freitas, em Pelotas, contra o Guarany de Camaquã. O Xavante é o atual líder do grupo B da copinha com quatro pontos.

FICHA

São Paulo-RG: Márcio; Julinho, Carlão Farias, Vinicius e Fabrício (Javier); André Gaúcho, Bocha, Dudu Branco (Igor) e Dangelo; Tainã e Rafael Refatti (Jabá). Técnico: Rudi Machado.

Brasil-Pel: Luiz Muller; Éder Silva, Cirilo, Fabiano Eller (Ricardo) e Galego; Washington, Moisés, Alexandre e Marcos Paraná (Têti); Márcio Jonathan (Marcos Denner) e Matão. Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Dangelo (São Paulo-RG); Washington (Brasil-Pel).

Cartões Amarelos: Carlão Farias, Bocha e Dangelo (São Paulo-RG); Washington (Brasil-Pel).

Arbitragem: Rogério Espilmann, auxiliado por Vinicius Palau e Rodrigo Macedo.

“Não me arrependo deste amor”,

Pedro Henrique Costa Krüger

Publicado em Brasil de Pelotas, Copa FGF 2012, São Paulo-RG. ligação permanente.

3 Respostas a Copa RS – São Paulo-RG 1 x 1 Brasil-Pel (Estádio Aldo Dapuzzo)

  1. Balejos diz:

    Belo retrato e excelente resenha, Pedro.
    Enquanto Luiz Muller e Sandro Sotilli fardarem não nos matarão.
    E essa Copa RS terá um Bra-Pel com os dois em campo. Sensacional.

  2. Pedro, como tá o Fabiano Eller aí? Correspondendo?

    São Paulo com Dângelo na meia. Esse guri surgiu como promessa do Esportivo, mas pelo jeito não vingou muito

  3. pedrohckruger diz:

    #1

    Obrigado, Balejos.
    Sim, terá Bra-Pel *o* Tava pensando em acompanhar o jogo também na Boca do Lobo. A única vez que fui ver um clássico lá foi em 2004 no jogo dos 9 contra 11. haha

    Abs!

    #2

    Zezinho, o Eller tá indo bem, sim. A torcida tem gostado das atuações dele. Eu, em particular, estou muito feliz de contar com ele no elenco. Ele saiu no meio da partida porque tem jogo importante pela D no fim de semana. Temos que estar com o elenco principal 100%.

    O Dangelo foi o principal nome do rubro-verde, ontem, contra o Brasil.

    Abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *