Segunda Divisão Gaúcha: A.E. São Borja 0×3 G.E. Bagé (Estádio Vicente Goulart)

AESB foi à campo confiante. Saiu decepcionada. Foto: Victor Borges.

A torcida de São Borja foi confiante ao Estádio Cel. Vicente Goulart. Todos rumaram à cancha do Bugre Missioneiro na esperança de ver um time diferente do da estreia, derrotado por 3×0 para o Guarany, de Adriano Gabiru. Estádio em festa no início e em silêncio no final. O Grêmio Bagé goleou a AESB em São Borja, lidera o grupo e coloca o time da Terra dos Presidentes na última colocação.

O JOGO:

A partida começou movimentada e igual. Antes dos dez primeiros minutos, ambas equipes tiveram gols corretamente anulados, o que dava sinais de que um grande jogo viria pela frente. Não foi o que aconteceu. O Grêmio Bagé aos poucos tomou conta da partida e com naturalidade construiu sua vitória. Aos 32’, o Jalde-Negro abriu o marcador. Michel Lugo aproveitou cobrança de escanteio e sem sair do chão, cabeceou para o fundo das redes.  Logo depois, a zaga do Grêmio Bagé deu um “Viva São João” e a bola encontrou Rodrigo, que aproveitou falha da zaga da AESB para antes do intervalo ampliar. 2×0.

No intervalo, o técnico Aírton Fagundes, da AESB, fez uma mudança. Sacou João Santana e promoveu a entrada de Japa Ballack. A substituição mudou o ânimo do Bugre Missioneiro, que criou algumas chances de descontar. Primeiro com Japa Ballack, depois com Juliano. Mas aos 15’, veio o balde de água fria. Mais uma vez Michel Lugo marcou para os bageenses. Após troca de passes, a bola caiu nos pés do centroavante Rodrigo, que cruzou rasteiro para área encontrando Michel Lugo, que marcou seu segundo gol na partida, o terceiro do Grêmio Bagé, dando números finais ao jogo. Depois disso, a partida esfriou. O Jalde-Negro tratava de tocar a bola esperando o tempo passar, enquanto o time da AESB buscava através de Cadó e Japa criar alguma chance. Mas ficou nisso. AESB 0x3 Grêmio Bagé. Resultado decepcionante para a torcida de São Borja que foi confiante e fez uma bonita festa no Vicentão.

Grêmio Bagé vai para a folga com duas vitórias e uma derrota. Foto: Victor Borges.

Ao final da partida, o técnico da AESB Aírton Fagundes declarou que os gols do adversário saíram em falhas coletivas da equipe da AESB: “O que eu trabalhei para fazer contra o adversário, acabou saindo contra mim. Faltou atitude de nossa parte para fazer as coisas acontecerem”.

Já o técnico do Grêmio Bagé, Tiago Nunes, disse que foi muito importante a vitória e a conquista prévia da liderança: “Repetimos a aplicação e atuação do clássico. E isso nos deu a vitória. Vamos procurar descansar os atletas, já que folgamos na próxima rodada e treinar já visando encaminhar a classificação”.

O presidente da AESB, Gilberto Alvarez, resumiu em uma frase a atuação da equipe: “Jogamos muito mal”.

O Bugre Missioneiro volta a campo no próximo sábado, em Três Passos, frente à equipe homônima. O Grêmio Bagé folga.

Por Fábio Giacomelli – @fabiogiacomelli

Publicado em Grêmio Bagé, São Borja, Segunda Divisão 2012, Terceirona com as tags , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *