Em terra de índio não tem Lobo mau

Tradição se faz em campo: mais uma vitória do Guarany de Camaquã sobre um time tradicional do sul do Estado

O Guarany de Camaquã assumiu a liderança do grupo B na Copa Hélio Dourado neste domingo, depois de vencer o Pelotas por 2 a 0. Pra quem não sabe: Camaquã é uma cidade com cerca de 60 mil habitantes que fica bem no meio do caminho entre Porto Alegre e Pelotas (pouco mais de 120 km para cada lado), região centro-sul do Estado, também conhecida como Costa Doce; o Guarany é um time que foi fundado em 16 de junho de 1946 e nos últimos anos tem conseguido bons resultados no futebol profissional; e a Copa Hélio dos Anjos (ns), que também é conhecida como Copa FGV (ns), teve a última rodada da primeira fase, está na 9ª edição, tem a participação de 22 clubes e garantirá vagas para a Série D do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Pronto. Todo mundo por dentro. Agora me permitam assumir o posto de torcedora. Descrevo brevemente mais uma vitória do Bugre. Domingo de sol. Estádio Coronel Silvio Luiz com uma boa média de público, como de costume. E mais uma oportunidade de mostrar a força de um time novo no cenário profissional.

O jogo foi definido ainda no primeiro tempo: aos 30 minutos, o goleador Kleyton marcou de pênalti após falta em cima do jogador Jean. Em seguida, aos 40 minutos, Kleyton cobrou falta e o jogador Flaviano marcou de cabeça para o Bugre.

O segundo tempo seguiu com domínio do Guarany sobre o time da zona sul. Aos 4 minutos, Alex Pereira foi expulso e o treinador do time camaquense precisou fazer algumas alterações para garantir a vitória. O áureo-cerúleo chegou a algumas finalizações mas o goleiro Matheus impediu e segurou o resultado de 2 a 0.

O Bugre segue com a boa fase. Venceu a terceira seguida e aguarda o resultado da partida entre Brasil de Pelotas e São Paulo, nesta quarta, para confirmar ou não a liderança do grupo B. Se o São Paulo vencer, o time de Camaquã mantém o primeiro lugar. O Lobo, que já vinha de derrota justamente para o São Paulo, caiu para a 5ª posição.

Guarany de Camaquã : Matheus; Alex Pereira, Laércio, Gustavo e Alan Delon; Douglas Alemão, Júnior, Kairo e Jean (Matheus Guerreiro e depois Kleber Baiano); Kleyton (Baiano) e Flaviano. Técnico: Fabiano Daitx.

Pelotas : William Lago; Igor (Sandro Sotilli), Eliézio, William Paulista e Carlinhos; Tiago Gaúcho, Cleiton, Tiago Renz e Maicon Sapucaia (Robert); Filipinho e Clodoaldo (Rafael Sagaz). Técnico: Beto Almeida.

A próxima rodada será a abertura do returno e tem novo confronto entre o Bugre e o Pelotas, desta vez na Boca do Lobo.  Será no dia 09, domingo, às 15h.

A foto é do Juares da Luz / Blog do Juares.

Da primeira CANCHEIRA da história,
Fernanda Ferrão Evaristo

Publicado em Copa FGF 2012, Copa RS 2012, Guarany de Camaquã, Pelotas com as tags , , , , , , . ligação permanente.

8 Respostas a Em terra de índio não tem Lobo mau

  1. Gabriel diz:

    Eu relatei um jogo do Bugre contra o Brasil lá em Pelotas e tive que escrever sobre uma derrota… a Fernanda é uma cancheira bugrina mais pé-quente! Que siga assim! aguante el bugre camaquense!!

  2. pedrohckruger diz:

    O MELHOR TÍTULO DESTE PLANETA.

    Se encaixa em várias cidades. rs

  3. Dedé diz:

    Dale Fe! E dale Bugre!

  4. Natan Dalprá Rodrigues diz:

    Sinta-se em casa CANCHEIRA!

  5. Alexander diz:

    Só uma pequena correção, o Brasil joga contra o Riograndense de Santa Maria na quarta e não contra o São Paulo como foi informado.

  6. pedrohckruger diz:

    # 5

    Verdade, Alexander.

  7. Junior II diz:

    Bom, hoje é o dia de ver se em terra de Lobo Mau o índio terá vez !!

  8. Junior II diz:

    É, hoje o Lobo Mau transformou o indío no porquinho da casa de palha, 5×0 !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *