A hora da verdade!

Após a jornada da primeira fase, digna de deixar o torcedor com boas perspectivas sobre o futuro na SEGUNDA DIVISÃO do MUMUZÃO 2012, o Aimoré avança focado e otimista rumo ao MATA ou MORRE do certame. No próximo domingo, às 15:30, o alvi-azul capilé tem pela frente o Guarany, em Bagé. O jogo válido pela primeira partida das quartas de final é aguardado ansiosamente pelas duas equipes.

Mas, antes de mais nada, tratemos de olhar os números e a campanha das duas equipes até aqui:

O Aimoré

O clube BARRANQUEIRO vem para este mata-mata querendo ratificar a ótima impressão deixada na primeira fase do certame. Em 10 jogos, a SQUADRA AZURRA de SÃO LÉO fez a seguinte campanha: sete vitórias, dois empates e uma derrota.

Apostando muito no grande desempenho ofensivo, demonstrado exponencialmente nas goleadas sobre Atlético e Garibaldi, o Aimoré toca suas fichas no matador Lucas Silva. Atacante que, após todo o falatório envolvendo sua ida ao Corinthians, ficou em solo leopoldense.

Mas não é apenas em LS9 que recai a expectativa de todos. O conjunto REGIDO por Gelson Conte tem apresentado ótimas peças. Entre elas: a dupla pensante formada por Márcio Reis e Gabriel; a sólida base defensiva composta por Pitol, Jesum e Luis Henrique; e a grata surpresa pelo flanco esquerdo, Vinícius. Todos os citados têm se mostrado valores imprescindíveis para o êxito aimoresista.

Houve até uma pontada de desconfiança em alguns setores da torcida após uma ligeira queda de rendimento da equipe no segundo turno. Foram cinco pontos somados em quatro jogos disputados, com destaque para a derrota para o Nova Prata.

Contudo, essa desconfiança MURCHOU com a boa vitória obtida no último sábado frente ao Igrejinha. Foi uma partida tranquila, onde o Aimoré administrou as ações ofensivas, trabalhou bem a bola e ainda trouxe uma ótima novidade: o recém-contratado Clécio. O atacante demonstrou ser uma ótima alternativa para fazer companhia a Lucas Silva. O marcador de dois a zero foi obtido ao natural, com gols assinalados pela GRIFE LS9 e por Márcio Reis.

O Índio Capilé embarca no sábado rumo à Bagé, e o comandante Gelson conta com força máxima para formar a equipe. Aos interessados em seguir o Aimoré nessa EMPREITADA, a incansável LOS REYES DEL BARRIO está organizando uma van com 18 lugares para transportar a MASSA ÍNDIA até a RAINHA DA FRONTEIRA.

O provável time: Pitol; Gian, Jesum, Luis Henrique e Vinícius; Marquinhos (Alex), Toto, Gabriel e Marcio Reis; Clecio (Japa) e Lucas Silva.

O Guarany

No início da Segundona, o Guarany foi a equipe mais comentada em solo pampeano. A diretoria do único clube do interior do estado a ser BI-CAMPEÃO GÁUCHO apresentou um ousado projeto de melhorias estruturais, administrativas e de melhor exploração da imagem do clube. Rolou até um jantar em PORTO ALEGRE para os torcedores do alvirrubro que vivem longe do ESTRELA D’ALVA.

Mas, sem dúvida alguma, o que chamou mesmo a atenção foi a contratação de ADRIANO GABIRU. O homem que CARIMBOU o maior título da história do Internacional-PA foi trazido como CARRO-CHEFE das intenções do time que revelou BRANCO para o futebol.

Junto com o meia, chegaram também os rodados ADÃO e BARÃO. Somados aos cascudos Goico, Renato Martins e BICUDO, era vivo na mente de todos que um ótimo time estava sendo formado. O que se viu, porém, foi bem diferente. Uma equipe irregular e longe de apresentar o bom futebol esperado.

O Guarany até iniciou bem, com uma goleada de 3 a 0 sobre o São Borja. O problema foi logo no jogo posterior: o clássico BA-GUA. O alvirrubro foi batido pelo mesmo marcador de 3 a 0. Após a derrota no clássico, empates com o Três Passos e com o Tupy. Somando cinco pontos no primeiro turno, sobrou para o técnico Osvaldo Rolim que acabou demitido. Para o seu lugar veio Rodrigo Bandeira que passou por dificuldades, assim como seu antecessor. Estreou com um empate, em casa, com o Tupy e foi derrotado pelo Três Passos.

O alívio só veio na PENÚLTIMA rodada, com a vitória no BA-GUA 410. Na última FECHA da primeira fase, um empate contra o lanterna São Borja fora de casa. Totalizando a campanha: duas vitórias, quatro empates e duas derrotas. Além disso, chama atenção o pouco produtivo ataque bageense. Só oito gols até aqui.

Não há certeza sobre o aproveitamento de alguns atletas para o jogo frente o Aimoré, pois muitos retornam de lesão e serão avaliados no decorrer dessa semana

O provável Guarany para domingo: Goico; Barão, Ilson (Bicudo), Renato Martins e Ítalo (Rodrigo Ramos); Wilson Baiano, Douglas Pare, Adriano Gabiru e Mazinho; Fabinho Natal e Adão (Dudu).

Sem mais a acrescentar, este que vos bloga espera um jogo duríssimo, muito pegado. E de coração, lamento ver duas equipes grandes e tradicionais estar na SEGUNDONA, longe dos holofotes.

Que vença o melhor! (Oro aos Deuses do futebol que este seja o Aimoré).

Mais ansioso que anão em comício,

Natan Dalprá Rodrigues

A foto do Aimoré é do site do clube.

A foto do Guarany é do Guia Crissiumal

Publicado em Aimoré, Guarany de Bagé, Igrejinha, Segunda Divisão 2012, Terceirona com as tags , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *