Um Leão entre os quatro

Com gol salvador no segundo tempo, 14 de Julho está na semifinal da Copa (Foto: Divulgação)

Com nove jogadores em campo, 14 de Julho calou 15 mil pessoas no Estádio Aldo Dapuzzo e está na semifinal da Copa Hélio Dourado. No melhor estilo Basílio em 1977 ou Aílton em 96, Reinaldo marcou o gol salvador aos 34 do segundo tempo e colocou o 14 entre os quatro melhores times da Copa. E o ano, que começou com o rebaixamento, já está marcado também por uma façanha.

A Copa Hélio Dourado tem quatro semifinalistas. Agora, classificação chorada, difícil, heroica… só um. Só o Leão da Fronteira. Só uma equipe foi recepcionada às 4 horas da madruga pela torcida eufórica, com o ônibus todo apedrejado. Só uma equipe tinha Reinaldo, o “rei”, el matador. Pouco usado (quase nada na verdade), já na pré-lista de dispensáveis, ele ressurgiu das cinzas e colocou o E.C. 14 de Julho na vitrine estadual.

O jogo

Quem esperava o 14 de Julho na defesa no Aldo Dapuzzo, se enganou. O time de Júlio Batisti fez o certo e saiu para o jogo, encarando o São Paulo de frente. Enquanto o dono da casa tentava na bola parada e nas cobranças de escanteio, o 14 jogava. Aliás o 14 de Julho saiu do estádio do São Paulo sem perder para os donos da casa este ano (talvez essa foi a revolta dos simpáticos torcedores que treinaram tiro ao alvo no ônibus santanense).

Aos 16min, porém, o atacante uruguaio bateu de longe. O chute forte enganou o goleiro, com a bola explodindo em Márcio e ainda tocando na trave, antes de sair. Na cobrança de escanteio, Leo Korte cabeceou na trave de Márcio. Aos 24min, porém, Leo Korte, que levou cartão amarelo no primeiro minuto de jogo, levou novo cartão e acabou expulsou após nova falta. Com 10 jogadores em campo, o 14 teve que diminuir o ímpeto inicial. Já o São Paulo, apoiado por cerca de 15 mil pessoas, partiu para cima. A vantagem, porém, foi apenas numérica, pois em campo o São Paulo seguiu criando pouco. Apenas Zapata teve a chance de concluir duas vezes. O primeiro tempo, porém foi favorável ao 14, e acabou em 0 x 0.

Os donos da casa precisavam vencer. Não havia outra alternativa. Aos 10min, Aylon chegou no fundo e cruzou, Refatti atrapalhou Yai e a bola acabou entrando, 1 x 0, São Paulo. Num gol quase que acidental o São Paulo abriu o placar. Então veio o filme de terror para os quatorzeanos. Aos 13 minutos Zapata bateu e venceu o goleiro do 14, 2 x 0, São Paulo, que em 3min, garantiu o escore que precisava.

Foi aí que o técnico Júlio Batisti olhou para o banco. Viu sentado, com os meiões ainda pelo meio das canelas, o “Aílton” de Luis Felipe Scolari em 1996: Reinaldo. Nome de centroavante, nome de matador. “Reinaldo! Dale”. Talvez tenha sido assim que o comandante deu a ordem. O causo é que o homem entrou em campo. E, logo após a expulsão de Michel, aos 28min, o nosso herói deu seu primeiro toque na bola e serviu Gustavo, que bateu para a defesa do guarda metas.

Então veio o minuto consagrador. Aos 34min, Gamela assistiu Reinaldo, que girou sobre o zagueiro e bateu no canto. Golaço!

Depois disso o São Paulo pressionou, mas o 14 tinha 9 heróis em campo e a bola não entrou. E o 14 está entre os melhores da Copa Hélio Dourado edição 2012. Arriba Leão!

Direto da Fronteira dos Free Shops e arrumando o ônibus do seu DaluzTur…

Rafael Medeiros (@rdlmedeiros)

Ficha técnica

SÃO PAULO (2) 

Marcio, Pelezinho, Carlão, Vinicius, Bocha (Tainã), Zapata, Igor,(Xavier), Dudu (Felipe), Piccinini, Refatti, Aylon. Técnico: Fabio Barros (Interino)

14 DE JULHO (1) 

Yai, Gamela, Leo Korte, Leo Paulista,Luis Paulo, Alexandre, Gustavo, Moises (Marcelo), Foletti, Fernando Lima (Reinaldo), Michel. Técnico Julio Batisti

Árbitro: Vinicius Costa da Costa. Auxiliares: Júlio Cesar dos Santos e Tatiana Jacques de Freitas

Cartões Amarelos: (SP) Bocha, Carlão, Igor, Refatti. (14) Leo Korte e Gustavo.

Cartões Vermelhos: (14) Leo Korte e Michel

Gols: (SP) Refatti, 10 min. 2° T e Zapata, 13 min. 2° T. (14) Reinaldo, 34 min. 2° T.

Publicado em 14 de Julho, Copa FGF 2012, Copa RS 2012, São Paulo-RG com as tags , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

5 Respostas a Um Leão entre os quatro

  1. Daniel Gremista (e quatorzeano) diz:

    Avante 14, copero y peleador, vamos ganhar essa copa!

  2. Mateus Dal Castel Trevizani diz:

    Sou 14 a partir de agora.
    Dá-lhe!

  3. Flávio Jair diz:

    “… Com nove jogadores em campo, 14 de Julho calou 15 mil pessoas no Estádio Aldo Dapuzzo e está na semifinal da Copa Hélio Dourado …”

    Quase tudo certo, mas dizer que tinha 15 mil pessoas no Aldo Dapuzzo! Só se fosse 5 mil gravidas de gêmios!!! A capacidade atual do Aldo Dapuzzo deve estar em torno dos 10 mil pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *