E que comece a peleia

Tento Passo-fundenseFINALMENTE! Após 6 anos o tricolor volta a ARRANCAR torrões nos gramados  do COSTELÃO; e foi assim, pegando o busão rumo a Canoas para enfrentar o Internacional, o nômade. Mas, enfim, foram cerca de três meses de preparação ÁRDUA, montando um time competitivo para buscar um algo a mais no GAUCHÃO.

E no sábado, fazendo o jogo de abertura do campeonato, o tricolor acabou empatando.

Sem mais, vamos aos relatos do jogo…

Jogando fora de casa, o PASSO FUNDO começava com receio, reconhecendo o campo adversário, e não demorou muito para ser criada a PRIMEIRA CHANCE do campeonato: João Paulo cruzou e Guto chegou deslizando sobre o gramado do Complexo da Ulbra, quase BALANÇANDO o barbante a favor do Tricolor. Destaque-se o Pelé dos Pampas, Claiton, e Diego Miranda, que ,assim como no jogo contra o Cerro – URU, deram uma SUSTÂNCIA no meio de campo e mais ofensividade ao gigante da São Cristóvão.

No primeiro tempo o jogo foi truncando, várias tentativas pelas laterais do gramado, porém nenhuma com ÊXITO, e infelizmente nas últimas do primeiro tempo, em um apagão da zaga, Cassiano aproveitou e de CALCANHÁ botou a pelota no fundo das redes, deixando Inter 1 x 0 Passo Fundo.

Já no segundo tempo predominou uma postura mais ofensiva da equipe passofundense, colocando uma PRESSÃO nos colorados. E logo aos 10 minutos de partida, com um passe MAGISTRAL entre dois zagueiros, João Paulo mandou um chute de lado de pé que resultou na defesa do guarda redes colorado; só que acabou dando rebote e aí, sim, sem nenhuma dificuldade, empatou o jogo. Inter 1 x 1 Passo Fundo.

Mesmo empatando o jogo o tricolor não estava satisfeito e foi em busca da virada, continuou pressionando a equipe da capital, porém sem concretizar o objetivo de inverter o placar. O jogo foi mais corrido na segunda etapa, mas no fim ficou por isso mesmo INTER 1 x 1 PASSO FUNDO.

FICHA TÉCNICA :

INTER – Agenor; Massari, Thales, Romário e Rafinha; Rodrigo Dourado, Augusto e Lucas Lima (Zé Mário); Maurinho (Rafael Carioca), Cassiano e Maurides (Mike).
Técnico: Osmar Loss

PASSO FUNDO – Bruno Grassi; Jeferson, Júlio Santos, Glauber e Xaro; Janderson, Gil (Marcos), Diego Miranda (Léo Mineiro) e Claiton; João Paulo e Guto (Henrique).
Técnico: Ricardo Attolini

Vale destacar a atuação do grupo que, em minha opinião, foi ÓTIMA apesar do empate, os laterais sempre apoiando, a meia cancha consistente dando ofensividade ao ataque e a zaga segura.

Então para o jogo contra o Juventude, espero um grande jogo e uma partida pegada, torço para o meu tricolor que vai em busca da primeira vitória no COSTELÃO 2013 e agora diante da torcida no VERMELHÃO DA SERRA às 20:00,Então… Até mas

Da capital da Literatura,
Leonardo Bertoglio

(As fotos são do site da Zero Hora, por Félix Zucco)

Publicado em Gauchão 2013, Passo Fundo com as tags , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *