A todo vapor

noticia1431Há anos a representação ijuiense no Costelão não deixava sua torcida tão INFLAMADA. O bom grupo ijuiense formado para o campeonato, depois de dois tropeços com TONHO Gil nas primeiras rodadas, pode se dizer que agora engrenou, sob o comando de Paulo Porto, que demonstra mais uma vez ser um baita treinador.

A vitória na última rodada diante do Tricolor da Aldeia, na Cidade das Bromélias, deu à equipe a quarta melhor campanha do campeonato. Com o resultado, o Rubro acumula três vitórias seguidas nas últimas rodadas. O que me leva a esperar, no mínimo, uma Baixada ABARROTADA de almas na próxima e difícil peleia, contra o Caxias.

Grudado no eterno companheiro radinho. Este foi o jeito de acompanhar o embate contra o Cerâmica. O começo de partida não parecia ameaçador. Com toque de bola, era possível amenizar o ímpeto inicial dos donos da casa. Equilibradas as ações, chegava o momento do time ter que sair pro jogo, afinal, alcançar os três pontos era fundamental para seguir com a boa campanha no certame. O que não aconteceu no primeiro tempo. A etapa inicial lembrou muito o tropeço contra o Lajeadense, no Alviazul. Onde existia a posse de bola, mas não o poder de finalização e ainda havia algumas brechas lá atrás (Cera criou as melhores chances, com uma bola na trave).

Na volta do vestiário a postura felizmente parece ter mudado. A bola parada, FATAL contra o Grêmio, apareceu mais uma vez, e como de praxe, foi decisiva. Aos nove minutos, Marcos Paraná bateu escanteio e Marcel, o zagueiro artilheiro, subiu alto para testar e fazer a alegria de todos os HINCHAS ijuienses.

img_carrossel_01

Empurrado pelos mais de 200 torcedores presentes no Vieirão, o tricolor cresceu nos minutos finais. Até ensaiou uma pressão, mas o Rubro foi forte. Segurou o resultado e voltou para casa em EXTASE.

Uma vitória para coroar o empenho do time, que comandado por Paulo Porto apresentou outra cara. Com mais vontade e atitude. O Cerâmica do ijuiense Guilherme Macuglia não é mal time. Segue como terceiro do grupo A, acompanhando de longe Lajeadense e Caxias, e com o Grêmio fungando no cangote.

No próximo sábado o São Luiz recebe o Caxias às 19h. Uma hora antes o CAC visita o São José no Passo D’Areia Stadium.

Feliz da vida,

Gustavo Motta

(As duas fotos são do Nataniel Corrêa)

Publicado em Cerâmica, Gauchão 2013, São Luiz com as tags , , , , , , , , , . ligação permanente.

Um comentário em A todo vapor

  1. Allan Zanetti diz:

    O São Luiz de Ijuí configura-se, ao meu ver, como a grande surpresa do Gauchão até aqui e possui chances reais de ir ainda mais além no primeiro turno, quem sabe com o título!? Que o selecionado grená se prepare, pois amanhã o ZANGÃO tem tudo pra fazer mais uma vítima fatal nos seus domínios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *