Firme na Piratini – S.E.R. Caxias 3×1 São José

Caxias confirma competitividade, faz 3×1 e elimina, pelo terceiro ano seguido, o São José da Taça Piratini. Agora o próximo passo é a PEDREIRA 19 de Outubro, o caldeirão de Ijuí.

14669043

No pior horário das quartas de final da Taça Piratini (21h de sábado, o popular HORÁRIO DE BOITE), o Caxias recebeu o São José pela segunda vez em 7 dias. Como na semana passada o clima era mais ameno, ambos times vinham com vários desfalques e a necessidade de vitória era algo meramente protocolar, não se tinha muita noção do que poderia se ver em campo e especialmente do quão agressivo o Caxias (do Picoli) poderia ser, nessa hora decisiva.

O primeiro gol saiu antes dos cagaços portocolares de jogo. logo aos 7 minutos, depois da bela cobrança de escanteio de Wallacer, Lino, o clássico zagueiro artilheiro do interior gaúcho, mandou de cabeça para o fundo da rede. O gol da tranquilidade fez bem ao Caxias, que tinha o ENDIABRADO Zambi em noite inspirada, e administrou bem a primeira etapa. Tivemos ainda mais três oportunidades do time grená, com Zambi de fora da área, Marcelo Carvalho BELISCANDO o gol em uma cabeçada aos 20′ e de novo Zambi, colocando a bola em chute perigoso pela esquerda, aos 30′.Na volta do intervalo o mais famoso ditado do futebol deu as caras no estádio Centenário: quem não faz, leva. Depois de 10 minutos de muita correria mas pouca objetividade, o São José empatou com ALDAIR (bom nome), o habilidoso camisa 9 que recebeu na entrada da área, limpou o zagueiro e bateu forte, seco, no ângulo direito de Zuba, que apenas observou a rede estufada.

O empate trouxe nova dinâmica ao jogo. Com ambas equipes abertas, a partida começou a ficar a feição do time que melhor tocava a bola e que tinha Zambi ATUCANADO. A torcida, ELÉTRICA como deve ser num sábado a noite, empurrou o time ao ataque. A pressão deu resultado, e foi a vez de Lino, o zagueiro artilheiro, ser empurrado. E empurrão na área é pênalti. Zambi cobrou bem, colocando o Caxias na frente e sacudindo a torcida aos 33 minutos do segundo tempo (depois de fazer uma jogada celestial em goôoooool).

phortos jr agencia rbs

A partida voltou para as mãos do time da casa, que encaixou bem a marcação. Em um rápido contra ataque depois da cagada de algum defensor do Zequinha (que me foge o nome), Michel (que ainda não me convenceu da sua contratação, mas vá lá) anotou o terceiro, ao receber livre e deslocar pacientemente o goleiro do MAIS SIMPÁTICO. Após o gol aos 39 minutos o Caxias ainda teve a oportunidade de marcar o quarto, porém desperdiçada. Mas, naquela altura do jogo, isso não mais importava. Taça Piratini, teu campeão segue de pé.

14670205

Agora, tudo é São Luiz. O time do técnico Paulo Porto (também um atual campeão da Piratini) venceu todos os jogos desde a chegada do novo comandante, exceto um – o jogo contra o Caxias. A semifinal deve acontecer no sábado, conforme escolha da TV, que acha um ótimo horário para os telespectadores as 21h de um sábado. Na reedição do jogo mais duro do campeonato para o Caxias, seria ingenuidade não atribuir uma dose de favoritismo ao dono da casa e todas as precauções que isso acarreta. Mas se o time do Picoli jogar sério, focado e com muita atenção, acredito que meu Caxias lindo chega de novo às VIAS DE FATO da Piratini. Amém!

Firme na Piratini,

Tiago Zilli

Publicado em Caxias, Gauchão 2013, São José com as tags , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

4 Respostas a Firme na Piratini – S.E.R. Caxias 3×1 São José

  1. Giaretta diz:

    Eu iria comentar que passou da hora do Caxias trocar o seu uniforme depois da 4ª temporada com o mesmo mas o time chegou na final do primeiro turno em todas as vezes que usou o uniforme, acho que é melhor não arriscar mudar.

  2. Mateus Dal Castel Trevizani diz:

    Bom jogo e boa partida do grená. Final antecipada no próximo final de semana. Acho que dá Caxias.

  3. Grená diz:

    SER CAXIAS – O rei da Piratini! E vamos pras cabeças de novo!

  4. Elias - diz:

    Grande jogo.
    Relato perfeito.

    Só faltou uma menção no texto referente à descontraída comemoração do segundo gol Grená pela dupla endiabrada Zambi e Wallacer (Acho que merece até o vídeo heinhô Baptista!)

    Vamos colocar uma água do chopp do Prof. Paulo Porto e aprontar na final! FORÇA SER CAXIAS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *