Peleando (literalmente) pela Liderança!

avenida1

Campo ruim, horário em que a barriga começa a roncar esperando o churrasco de domingo ou ainda momento de espiar aqueles BELOS jogos de veteranos que acompanhamos interior a fora por vezes. Essa era a situação para a partida de domingo. Quem prestigiou, pode ver um belo jogo, que poderia inclusive ser narrado por Galvão Bueno, nas noites de UFC.

Partida feia uma barbaridade! As condições do gramado do Cel. Silvio Luiz, somado com a qualidade técnica das equipes fez com que a partida fosse típica de segundona mesmo. Ou daqueles campeonatos de firma, quando os colegas barrigudos sempre acham a canela de alguém quando erram a bola. Jogadas bisonhas, festival de faltas e as três expulsões que vieram a galope.

O primeiro tempo da peleia terminou como como começou. Placar virgem e times parelhos, na ruindade. O Avenida até atacou mais, mas o muro imaginário que estava em frente a área do Guarany não deixou que a bola adentrasse a área.

avenida2

Logo no início da segunda etapa, um Índio do Guarany conseguiu ir mais cedo pro churrasco, após expulsão. A equipe alviverde aproveitou a vantagem de homens e pressionou por alguns minutos, finalmente fazendo com que o goleiro do Guarany mostrasse a que veio. Não demorou muito pra fome apertar também em Danilo Martins (Avenida) e Baiano (Guarany), assim os dois arrumaram um cartão vermelho pra cada e largaram na frente pra fila do banho pós jogo.

Quando já estava todo mundo conformado com o empate e a alemoada de Santa Cruz se lamentando por ter atrasado a cuca com linguiça de domingo pra ver o Periquito e não poder comemorar nem um gol sequer, eis que surge o baixinho Nunes pra abrir o marcador pros verdes.

avenida3

Depois disso, foi esperar passar o tempo pra acabar a partida e cuidar pra não pegar no sono enquanto acompanhava a bola rolando e os jogadores num empurra empurra lindo de se ver.

Terminada a segunda rodada, o time da Terra do Fumo está em segundo no grupo, com 100% de aproveitamento na competição. Apenas atrás do São Paulo no saldo de gols.

Agora o time alviverde tem mais uma partida fora de casa, quando enfrenta o Ypiranga de Erechim na próxima rodada. Voltando a atuar em casa somente no dia 6, contra o União Frederiquense.

FICHA TÉCNICA:

GUARANY: Rafael; Alex Pereira, Gustavo, Alan e Douglas Silva; Índio, Léo Paz, Júnior e Cairo (Baiano) ; Flaviano (Paraíba) e Esquerdinha (Pril). Técnico – Lico Freitas.

AVENIDA: Vanderley; Deivid (Bradock), Daniel Moreira, Carlos Alberto e Marciel; Nunes, Pierre (Fábio Pinho), Luis André e William Fabro; Lucas Podadeiro (Fabinho) e Danilo Martins. Técnico – Hélio Vieira.

Local – Estádio Coronel Silvio Luiz, em Camaquã

Arbitragem – Marcelo Pereira.

CARTÃO VERMELHO – Índio, Baiano (Guarany); Danilo (Avenida).

CARTÃO AMARELO – Douglas, Cairo (Guarany); Luis André, Carlos Alberto e Marciel (Avenida).

Diretamente dos embalos da Oktoberfest,

Sabrina Heming

(Fotos de Rodrigo Guedes)

Publicado em Avenida, Divisão de Acesso 2013, Guarany de Camaquã com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *