Acabou saindo amargo

14924418

Nos INDESEJÁVEIS embalos do futebol de sábado À NOITE, o até então caprichado e gelado chopp esmeraldino por pouco não foi tomado pela àgua dos ALEMÃES ANILADOS. Com um futebol que mescla o ótimo início alviverde de Taça Farroupilha, juntamente com os APAGÕES exuberantes na reta final da competição, o Papo classifica… porém, AMARGAMENTE.

Sob os olhares de um, ao menos, desconfiado e fraco público, os HOMENS de Lisca subiam ao gramado do Alfredo Jaconi vestindo, enfim, a camisa jaconera com um PATROCINADOR MÁSTER (?) – se é assim que eu posso dizer… Na parte da frente, RodOil estampou sua marca. Atrás, a Bella Gastronomia Empresarial. Ambas possuindo vínculo somente até o fim da participação juventudista no COSTELÃO 2013.

Com dois nítidos diferenciais à boa campanha do Verde e Branco da Serra no Segundo Turno: um time sem desfalques e a incontestável soberania em seu reduto, o Papo iniciou o confronto diante do BRAVO Nóia como de costume. Usando exaustivamente os flancos, tanto o direito, quanto o esquerdo – lado que evolui com o crescimento do garoto Alan -, o time mandante tomava conta da peleia, sem deixar, sequer, os anilados azuis encostarem na bola.

14924467

E a insistência esmeraldina surtiu resultado logo aos 17’ minutos. Após cruzamento do CÃO-DE-GUARDA Fabrício (olho nele, Felipão!), Bergson subiu mais que todo mundo e testou a gorducha como manda o ritual do futebol: com força e para baixo. A REDONDA quicou no gramado e atingiu a trave, no rebote, apareceu ELE: o Zorro Pampeano dos CINQUENTA TENTOS, guardando a gorducha no fundo da rede do guapo Max e embalando o BONDE DA SERRA.

14924429

O gol não mudou o panorama da partida, com a equipe do nosso cancheiro Zezinho e guiada por Itamar Schülle pouco, ou nada, produzindo dentro das quatro linhas. Assim, ora com Bergson, ora com o BAITA Diogo Oliveira, o Ju conseguia infiltrar a área novo-hamburguense, levando perigo à meta oponente e deixando cada vez mais CARECA o já careca professor AZUL-ANIL.

Em meio à CHUVA de cartões amarelos distribuídos por Francisco Silva Neto, o Alviverde teve uma falta central assinalada. Na cobrança, o lateral-direito Murilo, à la Daniel Alves, mandou com elegância a CRIANÇA na GAVETA da baliza de Max, porém, ainda mais elegante, o arqueiro VOOU para achar a redonda e mandá-la para escanteio. E o goleirão oponente seguiu trabalhando na partida. Tranquilamente, não fosse Max, o Juve poderia ter ampliado o placar ainda na etapa inicial em um dos vários arremates de fora da área do guri Bergson e, principalmente, do maestro DO10. No entanto, sob aplausos, o time esmeraldino deixava o primeiro tempo com o 1 x 0 no marcador.

Na cada vez mais CONGELANTE bancada do Alfredo Jaconi – que ainda contava com o incômodo e COVARDE (ns) vento -, a Papada aproveitava o intervalo para dar uma movimentada no corpo e uma consequente aquecida.

Sem alteração, o Ju iniciava ainda melhor a segunda etapa. A pressão era a mesma, porém a efetividade maior. E, logo aos 7’ minutos, em bela cobrança de escanteio por Rogerinho, o zagueiro-artilheiro e capitão Rafael Pereira subiu no TERCEIRO ANDAR para, como se fosse um chute, cabecear certeiro a pelota pro fundo da rede adversária.

14924451

Além de ir acabando com qualquer chance de crime do Nóia, a ampliação no placar ganhava extrema importância, já que, assim, o Grêmio teria que bater o São Luiz por mais de um tento de diferença para tirar o duelo do Alfredo Jaconi. Até por isso, o Papo não se conformou com o segundo feito e seguiu abafando os Galáticos do Vale. Talvez embalado na épica marca dos 50 gols com a camisa alviverde, Zulu exercia uma partida categórica, realizando o pivô com excelência e, acreditem se quiser, arriscando até algumas arrancadas pra cima dos beques de Itamar Schülle.

Assim, o resultado da peleja se tornou em goleada, quando, em mais uma assistência de Fabrício, o até então apagado Black Messi, Rogerinho, recebeu dentro da área e, de PRIMA, fuzilou o caroço, fazendo o terceiro do Alviverde no duelo.

14924444

Se a balada mais tarde não fosse tão boa, a até então festa no Jaconi já estava garantindo a noite de sábado. Com um futebol de dar gosto, a torcida entrou no clima do “Olé!” a cada toque na bola dos atletas jaconeros. Logicamente, quem não gostou foram os Anilados. Em duas oportunidades, o empurra-empurra tomou conta do palco do confronto, e o HOMEM DE PRETO teve de intervir a confusão, distribuindo cartões aos atletas do Vale.

No entanto, amigos e amigas, veio o APAGÃO. Menos mal, talvez, se fosse do Estádio. Os ares foram ganhando curvas e, a então tranquilidade que concebia o placar, foi virando PESADELO, TENSÃO, até o aguardado apito derradeiro de Francisco Silva Neto.

14924410

Tudo isso porque, aos 24’, um dos únicos que ainda tentavam algo por parte do Nóia, Paulinho Macaíba, invadiu a área e acabou sendo derrubado pelo ZINA JACONERO, Diogo. O atacante foi pra bola e mandou a pelota para um lado, e goleiro pra outro.

Apesar de deixar Lisca SALTITANTE, a vantagem ainda era considerável. Somente era…

Já no finalzinho do confronto, o CARRASCO esmeraldino Paulinho Macaíba, após escanteio, AMARGOU de vez o chopp alviverde e, apesar de não ter conseguido despejar água, tirou a ótima regalia que o Papo até então apresentava no placar.

Como se já não bastasse de aprendizado a ENTREGADA diante do rebaixado Canoas, no mesmo Alfredo Jaconi, o time de Lisca uma vez mais VACILA nas horas decisivas e, ainda que classificado, sabe que o resultado deverá comprometer em um maior avanço da equipe no COSTELÃO 2013. Agora, uma vitória simples do Tricolor sobre o São Luiz, dá ao clube do patinador (ns) Luxemburgo o direito de disputar a semi na Arena Humaitá.

Ficha Técnica:

Juventude (3): Fernando; Murilo (Moisés), Rafael Pereira, Diogo e Alan; Fabrício, Jardel (Gustavo), Diogo Oliveira e Rogerinho; Bergson (Dê) e Zulu. Técnico: Lisca.

Novo Hamburgo (2): Max; Carlinhos (Rafael), Lucas Staudt (Geovani), Zé Carlos e Peixoto; Marcio Hahn, Fábio Gomes, Geovani e Roberto Lopes (Mateus); Lucas Santos e Paulinho Macaíba. Técnico: Itamar Schülle.

Arbitragem: Francisco Silva Neto, auxiliado por Altemir Hausmann e José Inácio de Souza.

Um tanto frustrado, mas ainda assim contente com a classificação,

Pedro Torres

(as fotos são do Jornal Pioneiro)

Publicado em Gauchão 2013, Juventude, Novo Hamburgo com as tags , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

10 Respostas a Acabou saindo amargo

  1. Franco Garibaldi diz:

    Eu vivi pra ver a zaga do Ju não subir um dedo num cruzamento e tomar um gol de COXA do Paulinho Macaíba. Cara, é foda…

  2. Franco Garibaldi diz:

    “ZINA JACONERO”. Obrigado pela definição, Pedrinho. Aquela cara de pedreiro sequelado, agora ornada com aquela cabelo Abel Xavier style, ficou perfeita.

  3. Papo diz:

    Franco, baixa a bola e pára de cornetear o cara porque é o que dá pra contratar. Ou abre a mão e empresta uma graninha pro clube que a gente repatria o Thiago Silva, tranquilinho. Não esquece que estamos na Série D.

  4. Franco Garibaldi diz:

    Velho, eu me ative mais ao look do magrão do que qualquer outra coisa. Sobre Thiago Silva, óbvio que concordo e sei da situação do clube, mas acho que não precisa jogar no milionário PSG pra ser zagueiro que ao menos pula ou espana pra impedir que um baixinho faça gol de coxa. Mas, ok.

  5. PapoJuve diz:

    BAITA TEXTO

  6. Papada_ diz:

    #4
    Bom, com o Diogo na zaga o Juventude perdeu apenas dois jogos no Gauchão. Acho que pelo menos espanar ele sabe. Mas se tu tá te apegando ao “look” dele, aí tudo bem. Deves achar outros jogadores mais bonitos, não sei…

  7. Franco Garibaldi diz:

    E eu ainda me presto a responder pra quem até vergonha de botar o nome num comentário de blog tem…

  8. baldasso diz:

    e dá-lhe papo dá-lhe oooo

  9. Papada_ diz:

    Franco, meu amigo, não é questão de responder ou de vergonha. Corneta menos e embasa mais teus comentários, cara. Abraço.

  10. Falou quem embasou a opinião com “abre a mão e empresta uma graninha pra repatriar o Thiago Silva”. Velho, o dia que eu tiver que pedir permissão ou me policiar pra dar minha opinião, eu largo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *