Em tarde Nipônica, o Índio ressurge e trinca o Leão!

Aimoré x União (3)

Embalado pelo anúncio oficial da nova casa, o União viajou até São Leopoldo, o destino mais longe da equipe frederiquense no primeiro turno, para enfrentar o até então “abalado” Aimoré que vinha de uma histórica derrota em casa para o Internacional de Santa Maria, resultado esse que culminou na troca de comando de Gelson Conte por Ben-Hur Pereira.

Um jogo que se mostrava decisivo para ambos os clubes, haja vista que ocupavam, e ainda ocupam, posições na parte de baixo da tabela. Algo totalmente inesperado no início da competição. Ainda sobre o CARTAZ da partida, cabe destacar que FAÍSCA fez sua estreia pelo Aimoré e Gilian pelo Tricolor.


Todavia, depois deste domingo, 28, quem saiu ABALADO mesmo da partida foi o tricolor de FW, que com incompetência defensiva e falta de efetividade ofensiva foi derrotado pelo Aimoré de Japa, que em tarde inspirada, marcou três gols e garantiu a vitória para a equipe da casa. Após 252 minutos sem marcar, o União desencanou com Piccinini que descontou, mas que não foi suficiente para reverter o marcador.


O Aimoré iniciou a partida tomando a iniciativa. Chegando pelas pontas, com mais posse de bola e volume de jogo, chegava com perigo ao ataque. O União conseguiu adentrar ao campo adversário com mais perigo somente aos 12’, quando o zagueiro Anderson Bill na primeira boa oportunidade chutou forte, mas a bola acabou desviando em Luiz Henrique, e foi por sobre o gol de Rafael.

Aimoré x União (1)

O Cacique da Taba, empurrado por cerca de 500 ALMAS, tocava bem a bola com Faísca e Mikael, além da boa presença de RODRIGÃO e Japa. Visivelmente diferente a postura do time azul na comparação com as partidas anteriores, sem contar a ÂNSIA pela vitória porque já eram cinco jogos sem triunfos pelos lados leopoldenses.

A equipe de Caranhato tinha dificuldades em fazer a triangulação no meio campo, e sofria para entrar no campo ofensivo. Conseguia algumas infiltrações com o Thiago Correa/Piccinini/Jajá, que comandavam as jogadas de ataque, e deram um pouco de trabalho a Jésum e LH4.

A superioridade do Índio Capilé se traduziu em gol aos 17 minutos. Quando, após grande jogada individual, Japa driblou o zagueiro Anderson Bill e estufou o fundo das redes, abrindo o ESCORE em prol dos assistidoss da FUNAI.

Aimoré x União (2)

Na parada técnica para hidratação devido ao forte calor, na metade da primeira TROVA, o União teve a oportunidade de deixar o jogo esfriar e recuperar o fôlego. Quando a bola voltou a rolar, era notável que isso tinha surtido efeito favorável ao Leão da Colina, que conseguiu ter mais calma e eficiência para recuperar os espaços na partida.

Já o time da casa deu uma reduzida no ritmo, propondo-se a cadenciar mais o jogo, tocando a bola de lado a outro. Em uma chegada forte do ataque UNIDO (ns), Lima caiu na área e ficou pedindo pênalti. O árbitro Daniel Santos Noronha deixou o jogo seguir.

Tentando ampliar o marcador, o Aimoré levou novamente perigo ao gol do quadro frederiquense. Após cobrança de falta por Alex pela banda leste da RELVA, o goleiro Bruno Hepp teve que fazer boa defesa e Japa de canhota tentou no rebote, mas chutou para fora.

Depois de contar com a BUENA sorte ao escapar por pouco de levar o segundo gol, o tricolor de FW respondeu aos 43min. Thiago Correa recebeu lançamento da direita, tocou para Jajá. O centroavante deu o TAPA para trás, onde estava Piccinini, camisa 10 do União, que colocou no canto esquerdo e fez um belo tento, deixando tudo igual marcador.

Aimoré x União

Na volta para o segundo tempo, o DT tricolor sacou MANIVELA e colocou mais um atacante, GILIAN, um super reforço de Série A. Só que a tentativa falhou, a marcação não encaixou e o time do Alto Uruguai teve os piores 45min do campeonato.

Já os BARRANQUEIROS mantiveram a mesma formação do início do jogo, algo plenamente justificado, pois a apresentação capilé até ali era a melhor desde o início do GRILLÃO 2013.

No recomeço da ESCARAMUÇA, o União até deu um breve sinal de que poderia virar a partida, quando Piccinini chutou no ângulo esquerdo e obrigou o goleiro Rafael a fazer grande defesa e tirar a bola com a ponta dos dedos. Mas foi só isso. O domínio territorial, moral e BAGUAL da disputa logo voltou para a aldeia dos WHITE AND BLUES.

Aos 12’, o SAMURAI endiabrado soltou um PETARDO do meio da Avenida Imperatriz e a querida, que ainda foi tocada pelo guapo tricolor, morreu no ângulo da cidadela UNIENSE. 2 a 1 para o time nipo-germânico (ns).

Na sequência, Faísca cruzou para Mikael que chutou a redonda na trave e por pouco não ampliou a vantagem no placar. Mas o ânimo do Índio não arrefeceu, mantendo a posse da bola no campo ofensivo, os donos da aldeia logo chegaram ao terceiro gol.

Após escanteio bem batido por Evandro, RODRIGOL cabeceou no travessão e na sobra o SANSEI/NISSEI Japa mandou a querida para dentro novamente. HAT-TRICK do PARÇA de Régis Nazzi e alívio no Estádio Cristo Rei.

Aimoré x União (4)

Caranhato ainda colocou em campo o lateral-esquerdo Ganzer, no lugar de Caçapa e o jogador JORNALÍSTICO Willian Bonnes no lugar de Piccinini, mas a equipe frederiquense não teve forças suficientes para conseguir reverter o marcador. E com isso, sofreu a sua segunda derrota na Série A/2. Em contrapartida, o Aimoré chegou ao seu segundo triunfo no ACESSÃO.

Com esse resultado, o União ajudou o Aimoré a ressuscitar e o tirou no Z3, apesar da equipe ainda permanecer na lanterna em 8º lugar, com 7 pontos, no grupo A.

Com MÓDICOS 5 pontos, quem adentrou na BAIA de baixo foi o União, que está em 6º lugar no grupo B e na décima quarta colocação na Classificação Geral.

Enquanto os descendentes dos primeiros alemães respiram, o tricolor frederiquense que perambula no fim do 1º turno da Divisão de Acesso, já pensa no segundo turno, e visa fugir de todas as formas da Zona de Rebaixamento que AMEDRONTA. O União não conseguiu vencer ainda no FEIJOZÃO 2013.

Na última rodada do primeiro turno, já sem chances de classificação, o União recebe o Riograndense, no estádio Vermelhão da Colina, ainda em busca da sua primeira vitória. Já o Aimoré vai até Passo Fundo, onde enfrenta o Gaúcho, no Estádio Vermelhão da Serra. Os dois jogos acontecem no próximo sábado, às 15h30min.

A direção do time de FRED WEST tomou providências para remediar esta situação TENSA que vive o clube. Os experientes BARÃO, Anderson Bill, Agnaldo e Jean Michel não fazem mais parte do grupo de jogadores.

E reforços já foram anunciados. Rodrigo Vareta de 22 anos, que atuou no União em 2011 retorna ao clube, após atuar no São José, na Série A2 do Campeonato Paulista. Chega também a este rincão, o zagueiro Ícaro Albarello, que estava no São Luiz de Ijui. Além destes, Paulinho Macaíba pode ser anunciado a qualquer momento como novo DELANTERO do time LEONINO.

Pelo lado leopoldense, o sentimento é de alívio e a idéia FIXA de todos é ratificar esta recuperação obtendo mais 3 pontos no confronto contra o Gaúcho. Nessa reedição da final da SEGUNDONA 2012, a situação é completamente distinta. O time comandado por SANDRO SOTTILLI ainda não pontuou no GRILLÃO e traz consigo todo um desespero para este enfrentamento. É o tradicional jogo CRETINAMENTE perigoso, rezemos.

Ficha técnica – 7ª rodada – Divisão de Acesso – Série A2
Local: Estádio Monumental do Cristo Rei, em São Leopoldo.
Data: 28/04/2013.
Horário: 15h30min.
Árbitro: Daniel Santos Noronha, auxiliado por Henrique Soares Coromberk e Tiago Rodrigo de Moraes Pinheiro.

C.E.Aimoré: Rafael; Gian, Jésum, Luis Henrique e Alex; Toto, Evandro (Luanderson), Faísca e Mikael; Japa (Rodrigo Galvão) e Rodrigão (Maicon Santana). Técnico: Ben-Hur Pereira.
União Frederiquense de Futebol: Bruno Hepp, Barão, Anderson Bill, Caçapa (Ganzer) e Tatto; Manivela (Gilian), Douglas Rinaldi, Thiago Correa, Piccinini (Willian Bonnes); Jajá e Lima. Técnico: Marcelo Caranhato.

Cartões amarelos: Jean, Luis Henrique e Toto (A); Tatto, Douglas Rinaldi, Lima, Thiago Corrêa e Ganzer (U).
Gols: 3x Japa (A) , Piccinini (U).
Placar Final: Aimoré 3 x 1 União Frederiquense

Ressabiada de um lado e aliviado do outro, respectivamente,

Caroline de Oliveira e Natan Dalprá Rodrigues.

(As fotos são de Fabio Pelinson/Jornal O Alto Uruguai)

Publicado em Aimoré, Divisão de Acesso 2013, União Frederiquense com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Um comentário em Em tarde Nipônica, o Índio ressurge e trinca o Leão!

  1. Régis diz:

    Cadê a música no Fantástico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *