Devagar, quase parando

Avenida_Bruno Pedry

Domingo de sol, com os termômetros marcando 27°C na Terra do Fumo e os torcedores alviverdes de encaminhando ao pavilhão da São José. Era a segunda rodada da Divisão de Acesso que se iniciava pro Periquito e, após derrota longe de casa no meio da semana, o Avenida recebeu a equipe do Santo Ângelo. A partida era pra ser de recuperação para a equipe do carequinha Hélio Vieira. Afinal, todos esperavam um Santo Ângelo com estruturas abaladas e um time cansado da viagem. E o Avenida jogaria em seus domínios.

Mas isso tudo na imaginação do ILUDIDO torcedor alviverde, porque o que se viu em campo não foi exatamente uma equipe que está buscando um resultado positivo. Os donos da casa entraram em campo com uma lentidão de fazer o torcedor bocejar nas arquibancadas. Desde o início da peleia os visitantes dominaram a partida, se lançando ao ataque e fazendo o MILAGREIRO Vanderlei trabalhar.

Assim seguiu ao longo da primeira etapa. Já aos 40 minutos, quando o Periquito finalmente chegou ao ataque, mais uma vez Gavião mostrou que a alimentação tem sido fraca nos CALÍPIO e conseguiu a FAÇANHA de errar em dois a dois passos da linha do gol, já com o goleiro adversário pifado. Um minuto depois, o gigante Seffrin meteu o porongo na bola e mandou pra fora.

Fazendo jus ao dito de que quem não faz leva, aos 44 minutos, quando os veteranos já deixavam suas cadeiras cativas pra ir comer o cachorro quente e tomar seu sagrado refri, Márcio passa facilmente por Rincón, explodindo a gorducha no travessão e como quase que numa cena de filme de romance, ela voltando perfeitamente ao seu encontro, teve toda a calma e espaço do mundo pra dominar e estufar a rede de Vanderlei.

408407_avenidaxsantongelo_gol_brunopedry

Placar aberto e o anfitrião saindo pro intervalo com o AGRADÁVEL som de vaias do próprio torcedor.

Os donos da casa voltaram a campo com o RISONHO Sinval no lugar de Rincón, o Guiné Equatoriano havia conseguido cair sozinho ao dominar uma bola no primeiro tempo, assim seguindo sua série da lances bisonhos e falhas a cada partida. A equipe voltou mais ágil e com mais subidas ao ataque. Ah, agora vai! Deve ter pensado o torcedor.  Até poderia ir, se a falta de qualidade dos ataques não fosse o maior assombro do time ainda. Até mesmo o xodó da torcida Alexandre, conhecido como MATADOR nas cobranças de falta (mas que errou uma penalidade em Santa Maria na rodada anterior), estava isolando as cobranças de falta perto da área. Nem com os erros adversários foi possível contar, pois quando a defesa do Santo Ângelo errava em bola, Gavião que deve estar com as asas cortadas, não conseguia chegar a tempo de finalizar.

Já com a partida rumando aos noventa minutos  com mais uma derrota pelo lado verde, o desânimo do torcedor era nitidamente notado. Tanto que quando o Santo Ângelo se alçava ao ataque, o torcedor do Periquito gritava “OLÉ” contra o próprio time.

O que ainda salvou a partida e fez o ingresso valer a pena nas gargalhadas, foram os SAUDOSOS maqueiros deixando o camisa 9 dos visitantes cair da maca. Mulita, conhecido dos frequentadores dos Eucaliptos, fez com que o desapontamento com o time fosse esquecido por alguns minutos.

O time do Santo Ângelo ainda colocou três bolas na trave e o arqueiro Vanderlei ainda salvou o Avenida em mais quatro oportunidades. Vanderlei que foi o ÚNICO jogador aplaudido ao sair de campo, os demais tiveram que se contentar com as vaias.

Ao fim da partida e com o TENEBROSO futebol apresentado, a diretoria do Avenida se reuniu para uma reunião com o intuito de definir o futuro do clube. Reunião que durou cerca de uma hora e resultou no desligamento do carequinha Hélio Vieira do clube. Durante todo o dia da segunda muitas especulações de quem seria o novo técnico apareceu, com nomes de Gilmar Iser e Tonho Gil, conhecidos na dupla Avecruz, aparecendo forte.

Já com o sol dando lugar a lua, o novo técnico foi anunciado. Beto Campos que tem assistido o Periquito das arquibancadas todos os jogos, chega mais uma vez pra comandar o time. Beto foi o responsável pela campanha do inédito título da antiga Segundona, em 2011, pelo Periquito.

408585_betoatribuna

Beto tem pouco tempo para trabalhar visando uma recuperação na competição. Mas conta com a transferência da partida contra o Farroupilha, que seria na quinta, para o dia 12 de junho. Sua estreia será no próximo domingo, longe dos domínios contra o Panambi, as 15:30.

FICHA TÉCNICA

AVENIDA
Vanderlei; Teda, Rincón (Sinval), Anderson Seffrin e Marciel; Nunes, Deivid, Emannuel (Fábio Buda) e Alexandre; Lucas Podadeiro (Luís Fernando) e Gavião
Técnico: Hélio Vieira

SANTO ÂNGELO
Guilherme Costela; Alex Silveira, Renato, Miranda e Márcio; William, Douglas Tirex, Bruno Flores e Jeison; Jean Silva e Felipe Garcia
Técnico: Luciano Corrêa

GOLS
SANTO ÂNGELO:
 Márcio (44/1ºT)

CARTÕES AMARELOS
AVENIDA:
 Luís Fernando
SANTO ÂNGELO: William

ÁRBITRO
Vinícius Costa da Costa, auxiliado por Marcelo Oliveira e Silva e Sedenir Martins

LOCAL E DATA
Domingo, 26 de maio de 2013, Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul

Sem saber o que esperar das últimas cinco rodadas,

Sabrina Heming

(As imagens são do Bruno Pedry/Portal Gaz)

Publicado em Avenida, Divisão de Acesso 2013, Santo Ângelo com as tags , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *