Rotina de virada

imagem inter-sm 01

Outra vez, o Inter-SM assustou o torcedor que compareceu numa manhã de tempo INCERTO – e refém da ditadura da televisão – no Presidente Vargas, neste domingo.

Assim como na partida contra o Farroupilha, no 1º turno, quando peleou muito depois de perder por 2×0 e virar para  3×2; e na partida INSANA da última quarta-feira, quando reverteu um resultado inesperado com dois jogadores a menos diante do lanterna Gaúcho; o Inter-SM saiu perdendo.

Contra um Guarany de Camaquã seriamente ameaçado pelo fantasma do descenso, o Colorado fez um primeiro tempo ruim, e pouco fez para merecer um resultado que não fosse contrário às pretensões do time.

Na primeira etapa, o Inter-SM mal chegou à frente. O Guarany de Camaquã, a bem da verdade, também não foi incisivo em suas ações. Jogando para o gasto, deu para contar nos dedos as finalizações do time de Camaquã. As do Inter-SM, idem.

Após cobrança de falta em jogada ensaiada, Douglas inaugurou o marcador, no Presidente Vargas, a favor do time da Zona Sul. O gol, que já amadurecia minutos antes, com o crescimento da equipe do ARROZ, abateu o colorado. O Inter-SM acusou o golpe, e foi para o intervalo deixando sérias dúvidas na torcida sobre a possibilidade de reverter o resultado.

inter sm 04

Mas o time de Badico, se aqui por essas bandas do centro do Estado houvesse a MODINHA dos apelidos do EIXO, certamente poderia ser chamado de TIME DA VIRADA. Mas como por aqui não tem FRESCURA, deixemos por ESFORÇADO.

Na volta do intervalo houve a entrada do BAIXINHO ENDIABRADO Arpini, que já havia marcado os dois gols da vitória do Inter-SM contra o Gaúcho de Passo Fundo, novamente resultou em uma mudança de postura no time.

O colorado deixou os vestiários da Baixada Melancólica disposto a reverter o placar adverso. E a postura também foi outra. Mais ofensivo, o time acossou os azuis em seu próprio campo, que sequer parecia ter voltado ao campo do Presidente Vargas.

Quando o relógio já marcava dez minutos, o Inter-SM fez valer a superioridade. Após chute de Marco Antônio, o goleiro William Lago BATEU ROUPA e o camisa 9 Paulinho, com um posicionamento de fazer inveja a Fred e companhia, só CUMPRIMENTOU para a meta, empatando a partida.

imagem inter-sm 03

Atordoado, o Guarany passou a cometeu faltas em sequência. E foi numa delas que veio o primeiro cartão vermelho, para o volante Índio, que impedia mais um avanço do IMPETUOSO Arpini, que deixou para trás a marcação e rumava a passos largos rumo à área adversária.

A outra falta grave contra o Guarany foi ainda mais prejudicial: após jogada individual, Wesley, improvisado na lateral esquerda – mas com muita qualidade – foi derrubado na área. O zagueiro Valença, que já havia marcado contra o Farroupilha, mas perdido contra o Riopardense, bateu e – mais uma vez – virou uma partida para o Inter-SM. A rotina começava a se repetir no lado vermelho de Santa Maria.

imagem inter-sm 02

Mas o GRAN FINALE estava reservado ao zagueiro Betão. Após sobra vinda da entrada da área, o homem responsável por manter a bola longe da meta colorada – seja da maneira que for, e com pouca técnica, se assim exigir – seria o autor do mais belo gol da manhã/tarde na Baixada.

De fora da área, com um chute seco, Betão ESTUFOU a rede de William Lago, que nada pôde fazer. Foi o primeiro gol do rapaz com a camisa do Inter-SM. Gol que consolidou a vitória e e pôs números finais a mais uma virada.

Com outra expulsão no lado azul, coube ao colorado apenas administrar a terceira vitória consecutiva, que colocou o time na liderança momentânea do Grupo B da Divisão de Acesso.

O Inter-SM volta a campo no próximo domingo, contra o Ypiranga de Erechim, novamente às ONZE HORAS, atrasando o almoço da torcida vermelha. E gerando expectativa de outra manhã vitoriosa na Baixada – e sem sustos, dessa vez.

Preparado para outra recuperação no placar,

Nicholas Lyra

Fotos: Assessoria de Comunicação/Inter-SM

Publicado em Divisão de Acesso 2013, Guarany de Camaquã, Inter SM, Série A2 2013 com as tags , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *