Pássaros organizando arapucas? Sim e dá resultado!

nunes

O Aimoré foi até a terra das FUMAGEIRAS na tarde do último domingo com o intuito de enfrentar o Avenida e garantir a manutenção da liderança da Chave A do GRILLÃO 2013. Só faltou combinar com o adversário como bem versa o velho jargão do ludopédio.

Pois mal os cerca de quinhentos indivíduos presentes ao simpático Estádio dos Eucaliptos e os alviverdes mostraram que não estavam a fim de ver festa dos flecheiros do Vale dos Sinos. Com pouco mais de quinze segundos de jogo, Fabio Pinho mandou uma bola perigosa que passou perto da meta azul.

O jogo seguia uma TÔNICA truncada e concentrada em um volume superior dos verdes y blancos. Alguns duelos se destacaram, como o confronto dos laterais Alex Herber e o pesado Mano, além do embate entre Jésum e Lucas PODADEIRO.

Apesar de não causar nenhuma ameaça real para abrir o placar, o Periquito ainda conseguiu causar algum TEMOR na cabeçada de Anderson SEFFRIN por cima da baliza e depois com o chute de Podadeiro que passou ao lado da goleira de Rafael.

Os leopoldenses só chegaram mesmo em duas ESTOCADAS no fim do primeiro tempo. Luis Henrique cabeceou a redonda por cima, após cobrança de falta lateral. Depois, em cruzamento de Mikael, Marcelo Oliveira quase fez gol contra, mas Vanderlei abraçou a ORDINÁRIA e garantiu o OXO da primeira metade do BAILADO.

O primeiro tempo resumia-se então a reclamações ao homem do apito, que assim como toda a arbitragem da Divisão de Acesso, mostrou que não é um grande conhecedor das regras futebolísticas. Auxiliares passavam mais tempo divagando e xingando ambas as torcidas, do que fazendo o papel que lhes cabe.

Voltaram todos os mesmos indivíduos para a disputa da segunda PARCELA da peleja. Só que dessa vez quem assustou nos PRIMÓRDIOS do AGITO foi o Cacique da Taba. Com 45’’ decorridos, Japa chutou e Vanderlei defendeu com segurança.

Munido de ímpeto e de um Mikael onipresente, às vezes afobado, mas muito participativo, o Aimoré foi ao ataque. O NISSEI voltou a aparecer quando tentou encobrir o portero santacruzense. A resposta dos mandantes veio rápido com cabeçada de Marcelo Oliveira que parou no goleiro que veste um uniforme ALVO, Rafael.

Dois minutos bastaram para que tudo mudasse, aos 11’ decorridos, Japa bateu deslocado, atingindo a rede pelo lado de fora. Passado este lance, poucos segundos depois, Gavião recebeu lançamento da defesa, posicionou o corpo para fazer o giro e de forma GAIATA esperou a carga. Jésum caiu nessa TEIA GAVIÔNICA e o tio do apito marcou pênalti.

gaviaion

O próprio PÁSSARO, que comanda a frente do time do locutor da filial provinciana da VÊNUS PLATINADA, cobrou com precisão, goleiro pra um lado bola, do outro e fez um a zero para o Avenida. Naquele instante, desfrutando da combinação favorável de resultados desta rodada, o clube da terra das LOIRAS DESLUMBRANTES estava chegando ao G4 da supracitada chave do FEIJOZÃO 2013.

Os cerca de cinquenta torcedores do Índio que foram até os Eucaliptos, ainda viram uma penalidade que a arbitragem e mais ninguém viu, mas bastou pra reclamação. Japa foi deslocado por Marcelo Oliveira na frente do rapazote apitante, porém fora da área. Nem é preciso citar o quanto o Sr. Diogo Almeida Real passou a ser estimado pelos capilés.

Com os ingressos de Lukinhas e Rodrigo Galvão, o Índio Capilé foi para o ataque. Só que aqui houve um erro estratégico, a equipe comandada por Bem Hur Pereira apostou em cruzamentos laterais, isso posto que o escrete atuou sem um centroavante de ofício e que a defesa OKTOBERIANA é composta por defensores tão altos quanto TORRES, impossibilitando assim ganhos nas bolas alçadas.

Pelo lado alviverde, Pierre, Luis Fernanrdo e o LIGEIRO Ezequiel entraram pra dar mais movimentação, mas nenhum fez grande diferença na equipe. Equipe que ainda tomou sufoco nos últimos minutos.

Aos 34’, Toto bateu falta lateral e Rodrigo Galvão cabeceou firme, mas o GUAPO do Avenida fez grande defesa. Após esta importante intervenção de Vanderlei, pouco mais ocorreu e o placar final foi de 1 a 0 para os alviverdes.

vanderlei

O registro pós-jogo que cabe ser assinalado é que Luis Henrique está fora do próximo jogo que será contra o Brasil de Farroupilha no Estádio das Castanaheiras. Também é digno de realce o discurso INDIGNADO do Presidente aimoresista Felipe Becker que afirmou não agüentar mais ser operado e ainda receber TORPEDO (!) de CHICÃO que vende CD’s (ou não) perguntando como foi o jogo.

Como já foi dito acima, o Aimoré volta às relvas na quarta-feira contra o DRAGÃO da Serra. Esta será uma das CINQUENTA partidas que ocorrerão no próximo Dia dos Namorados, aconchegante essa ideia de substituir a ida aos motéis por um jogo de futebol interiorano. Outro que volta a campo no dia 12 é o Avenida, que em partida atrasada, recebe o Farroupilha em seus domínios. Buscando se firmar na zona de classificação. O que se vê é uma torcida empolgada com o time que viu nas duas últimas peleias da semana e querendo deixar apenas o co-irmão Galo Carijó na Divisão de Acesso no próximo ano.

Ficha técnica:

Local: Estádio dos Eucaliptos – Santa Cruz do Sul/RS

Arbitragem: Diogo Almeida Real, auxiliado por Jorge Bernardi e João Lucio de Souza Junior.

Cartões amarelos: Jésum e Luis Henrique (Aimoré), Marcelo Oliveira (Avenida).

E.C.AVENIDA (1): Vanderlei; Teda, Anderson Seffrin, Marcelo Oliveira e Marciel; Nunes, Carlos Alberto (Luis Fernando), Deivid (Pierre) e Fábio Pinho; Lucas Podadeiro (Ezequiel) e Gavião. Técnico: Beto Campos;

C.E.AIMORÉ (0): Rafael; Alex Herber (Luanderson), Jésum, Luis Henrique e Alex; Toto, Faísca, Evandro (Rodrigo Galvão) e Mikael; Japa e Jean Paulo (Lukinhas). Técnico: Ben Hur Pereira.

Esperançosos em ver os times na elite do futebol em 2014,

Natan Dalprá Rodrigues e Sabrina Heming.

(As imagens são do www.indiocapile.com.br , salvo a última que é da cancheira Sabrina)

Publicado em Aimoré, Avenida, Divisão de Acesso 2013, Série A2 2013 com as tags , , , , , , . ligação permanente.

Um comentário em Pássaros organizando arapucas? Sim e dá resultado!

  1. Régis diz:

    É o Gaviaion que cala!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *