SER Panambi e SER Santo Ângelo: um 0 a 0 intransitivo

Ser Panambi x Ser Santo Angelo

Ontem à tarde, Panambi e Santo Ângelo reencontraram-se na cancha do João Marimon Junior e protagonizam uma partida movimentada, mas não saíram de um 0 a 0 trivial. Desde o ano passado, os quadros fazem jogos bastante equilibrados e marcados por igualdade. A exceção foi um 2 a 0 para os missioneiros como locais. Ainda, em 2012, empate sem gols na cidade das máquinas. Nesse ano, em amistoso preparatório para a Divisão de Acesso, nova igualdade em Panambi, 2 a 2.

A Verde y Blanca entrou em campo depois de perder para o Avenida, por 1 a 2, como local, na última terça-feira. Por sua vez, a Tricolor Missioneira apareceu na relva do Complexo Piratini ostentando vitória de 2 a 1 frente ao São Paulo de Rio Grande, em jogo tumultuado na Zona Sul, no último domingo.

DSC_0499

Os movimentos iniciais foram do conjunto local, envolvendo a equipe das Missões no seu campo e controlando territorialmente a peleja. No entanto, já eram jogados cerca de 20’ quando o guarda valas visitante Guilherme Costela interveio pela primeira vez. A Borboleta Mecânica ultrapassava certa singeleza ofensiva e aproveitava a desorganização e os equívocos já costumeiros da Tricolor, para fazer valer o fator local e pressionar.

A partir da metade do tempo, talvez um pouco além, o Santo Ângelo igualou as ações e chegou a impor algum constrangimento ao escrete de Nestor Simionato, quando tentou aplicar o contra veneno nos da casa. Mas, na terceira parte do tempo inicial, o zagueiro ILSON cabeceou firme, completando tiro de canto, e impôs grande dificuldade a Costela, que espalmou para a linha de fundo novamente. Contando com a movimentação de Bruno Flores, que mais uma vez correu como o diabo da cruz o tempo todo, e a qualidade de Felipinho, o time visitante chegou forte no final do tempo, mas o arqueiro Diego realizou grande defesa e garantiu o 0 a 0 na primeira parte.

DSC_0507

Na segunda parte, o clássico entre os quadros do Noroeste Colonial e das Missões continuou peleado, mas as oportunidades seguiram rareando. Não eram criadas grandes situações, até que próximo aos 20’ o Santo Ângelo construiu três boas jogadas em sequência. Numa das oportunidades, Felipe Garcia cruzou e Bruno Flores finalizou pra fora. A essa altura, o quadro missioneiro contava com Rafinha na vaga de Felipinho, alteração que deixou o time mais agudo. Por sua vez, Nestor Simionato trocou Cleberson por Roni (que já atuou na Zona Sul) e, pasmem, o FERROLHO MECÂNICO do Noroeste passou a contar com dois delanteros.

Mais algumas estocadas foram proferidas pelas duas esquadras, mas o campo de força que guarnecia o arco parecia intransponível. No Santo Ângelo, ainda ingressaram o zagueiro Miranda e o atacante Alex TANQUE Espíndola; o primeiro por Renato, que saiu com um corte no supercílio; e o segundo por Jean Silva, de atuação precária.

001

Ao fim de tudo, Panambi e Santo Ângelo protagonizaram mais um 0 a 0 para a estatística dos confrontos. O empate deixou a Verde y Blanca na sexta posição do grupo, com 5 pontos, e os Filhos de Sepé Tiaraju na vice liderança da chave, com 8 pontos. Os de Simionato ainda jogam com o São Paulo, em Rio Grande, e fecham a fase de classificação contra o Aimoré, como local. Já o Santo Ângelo viaja até Santa Maria para enfrentar o Riograndense e na última volta recebe o Brasil de Farroupilha, na cancha da Zona Sul.

Não sei, só sei que foi assim.

Saludos,

El Viejo Balejos

(As fotos são do agoraja.net e a montagem é do autor).

***

Ficha Técnica

SER Panambi: Diego; Dú, Ilson, Marlon e Sander; Amaral, André Tereza, Cléberson (Roni) e Chiquinho; Maranhão (Jean) e Josimar. Técnico: Nestor Simionatto.

SER Santo Ângelo: Costela; Willian, Carlão, Renato (Miranda) e Douglas; Marcio, Jean Silva (Alex), Geison e Felipe Garcia; Bruno Flores e Filipinho (Rafinha).

Cartões amarelos: Geison e Felipe Garcia (Santo Ângelo) e Sander (Panambi).

Arbitragem: Roger Goulart; nas bandeiras Alexandre Antonio P. Kleiniche e Elio Nepomuceno de Andrade Jr. O quarto árbitro foi  Fábio Souza de Souza.

Publicado em Divisão de Acesso 2013, Santo Ângelo, Ser Panambi, Série A2 2013 com as tags , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *