A suada vitória do povo Grená debaixo d’água

Foto: Juan Barbosa / RBS
Um Caxias embalado, um Caxias que comprova e que não decepciona, que vence quando precisa. Esse foi o Caxias que atuou no último domingo, no Centenário, diante do Mogi Mirim (SP). A suadíssima vitória debaixo d’água por 1×0 garantiu a liderança isolada do grupo B e manteve a invencibilidade na competição.
.
O jogo começou equilibrado. Ciente da responsabilidade pelas ações ofensivas, o Grená tentou imprimir o ritmo do jogo nos primeiros lances, mas esbarrava no meio campo do bom time do Mogi Mirim. A primeira chance real de gol veio aos 15 minutos, quando após jogada de Zé Mario e Chad, a bola sobrou pra Zambi, na marca do pênalti, mas bateu em cima do goleiro Alex Alves.  O lance incendiou o jogo, e a pressão pelo gol grená cresceu. Aos 26 minutos Zé Mario tentou de fora da área, mas a bola apenas assustou o goleiro paulista.
Foto: Juan Barbosa / RBS
O experiente Mogi aguentava bem a pressão e tentava sair no contra ataque, sempre valorizando muito a posse de bola no campo adversário. E a cancha dos paulistas apareceu aos 36 minutos. O zagueiro grená Jean caiu na provocação de Wagninho – que segundo Jean deu um BEIJINHO nele – e foi expulso. Com um a menos em campo, o Caxias reduziu o ritmo e recuou o meio campo, aguardando as instruções do intervalo. O Mogi Mirim aproveitou a situação e aos 48 obrigou o goleiro Douglas a operar um milagre (mantendo a média de um milagre por partida). Fim da primeira etapa, placar em branco e chuva começando a cair e eu indo me esconder dela no Túnel do Terror.
O Túnel do Terror.

O Túnel do Terror.

A chuva colaborou com o Caxias no segundo tempo, ajudando a equilibrar a desvantagem numérica, segurar o habilidoso time do Mogi Mirim e colocar tons de drama no jogo. A possibilidade de conseguir apenas 2 pontos em dois jogos em casa incomodava o Caxias. Os lances concentravam-se no meio campo, com eventuais tentativas de jogada pelas laterais, e assim foi durante 20 minutos, enquanto a chuva caia impiedosamente.
Foto: Juan Barbosa / RBS
E no momento que São Pedro deu uma pequena folga, o Caxias chegou lá. Após falta cobrada por Dener, pelo lado esquerdo, Jonatan, jogador que vem sendo fundamental, desviou a bola de cabeça e assistiu ela entrar no cantinho, morrendo caprichosamente nas redes. O grito de alívio saiu das gargantas do Centenário e ditou o ritmo do resto da segunda etapa, de muita correria, algumas poças, pouco futebol e três pontos na bagagem.
Foto: Juan Barbosa / RBS
A vitória (estratégica) consolidou a liderança do Caxias no grupo B, com 10 pontos, 3 de vantagem para Vila Nova e Madureira, vice-lideres, e 4 pontos na frente do Mogi Mirim (que apesar da derrota, entrou no G4), últimos dos que habitam a zona de classificação no momento.
Foto: Daniel Ruffato / SER Caxias
A campanha de cartilha do Grená do Povo será colocada a prova no próximo sábado, as 16h, quando enfrenta o CRAC, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão (GO). Um empate assegura a tranquilidade no vestiário do técnico Picoli, mas pelo que o adversário vem apresentando na competição (último colocado com apenas 1 ponto), somado à sombra que o jogo de volta da Copa do Brasil contra o Santos, faz com que o Caxias possa sim sonhar com algo mais nesse embate. Uma vitória garantiria, no minimo, 3 rodadas na liderança do grupo, praticamente garantindo a ponta até o final do primeiro turno da primeira fase. Portanto CRAC, nem pensar (péssima piada, eu sei)!
Nessa competição que cada ponto vale ouro, o Caxias vai fazendo sua parte.
.
Jogo: Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias 1×0 Mogi Mirim Esporte Clube
.
Local: Estádio Centenário
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ), auxiliado por Eberval Lodetti (SC) e Luiz Felipe Scofield Guerra Costa (RJ).

Gol: Jonatan aos 24 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Zé Mário e Dick (Caxias), Diego Souza, Aloísio, Edson Ratinho e Rossi (Mogi Mirim).
Cartão vermelho: Jean (Caxias) aos 36 do 1º.
S.E.R CAXIAS: Douglas Friedrich; Dick, Tiago Pagnussat, Jean e Dener; Jonatan, Alisson, Zé Mário (Baiano, 19 do 2º) e Wallacer (Léo Korte, intervalo); Zambi e Charles Chad (Trípodi, 34 do 2º). Téc: Picoli.
Mogi Mirim.E.C: Alex Alves; Edson Ratinho, Samuel (Gilberto, 12 do 2º tempo), Ladeira e César; Diego Souza, Leomir, Serginho e Aloísio; Wagninho e Nei Paraíba (Romário, 29 do 2º tempo) . Téc: Aílton Silva.

Um Abraço direto de Caxias do Sul!

Tiago Zilli

(As fotos são de Juan Barbosa/RBS e de Daniel Busatto/SER Caxias).

Publicado em Caxias, Clubes Gaúchos, Série C com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

4 Respostas a A suada vitória do povo Grená debaixo d’água

  1. Grená diz:

    AVANTE GRANATA! RUMO À B!!!!

  2. Guilherme Grená diz:

    É isso aí, Zilli.
    Faltam aproximadamente 12 Pontos para fugirmos do rebaixamento e 20 Pontos para classificarmos dos 42 pontos para disputarmos na 1ª fase (18 em casa).
    O time tá empolgando mas prefiro seguir a “cartilha” de torcedor grená: 1º não caímos; 2º Classificados entre os 4 primeiros; 3º classificamos entre os 2 primeiros; 4º Subimos p/ B, 5º Conquistamos o caneco, ….etc…. etc… etc… e finalmente TÓQUIO em algum final de ano!

    Sds grenás

  3. ricardo diz:

    ehhh gurizada estamos muito bem nesse campeonato, vamos torcer para q esse time continue assim até o final, mas como estamos jogando vou acreditar na vitoria, dalhe CAXIAS, q bala aquela foto com a Forza, foi show de bola qnd foram comemorar ali (merecidamente), mais uma vez parabens p essa torcida….

  4. Elias diz:

    esse Caxias tá demais!!!

    Tomara que continue assim, o time encaixou o grupo tá bem mais qualificado com relação ao gauchão, acho que esse ano vai dar liga!

    Avanti SER CAXIAS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *