Recordar, Perder, Levantar, Mudar e Crescer!

5

2013 é um ano de inegável felicidade para os rubro-verdes. Ganhamos um BUSÃO, subimos ao topo do Monte Olimpo das Bergamotas chegando ao tão sonhado acesso, exorcizamos o fantasma do estádio cheio – aquele que não nos deixava vencer perante os olhos da multidão. Mas, nenhuma história é perfeita sem um pouco de tristeza. Aliás, é nessas horas que mostramos o quão prontos estamos para a evolução.

22/01/2013

São Paulo apresenta os primeiros jogadores contratados para a Divisão de Acesso de 2013. Depois de alguns dias INCRÉDULOS pela demora na divulgação do plantel, os torcedores do Leão do Parque recebem a noticia de que o goleiro contratado para ser titular completaria 43 primaveras. Já o camisa 9 acabara de enfrentar o próprio SP (em um AMIGÁVEL na temporada anterior) defendendo as cores do DESTEMIDO Sindicato dos Atletas do Rio Grande do Sul. Nosso lateral estava voltando ao clube, depois de passagem não muito produtiva em 2011. Ítalo, que fora anunciado cheio de boas referências, desistiu da Noiva do Mar por alguns pilas a mais. O técnico? O mesmo que havia perdido em casa por 5×0 e sido IMPIEDOSAMENTE eliminado da copinha quando seu time tinha DOIS TAURAS a mais.

1

17/03/2013

O rubro-verde estréia no certame. Vitória! Glória da Vacaria é a vítima. Não foi uma exibição de gala, mas a dupla de ataque dava sua primeira demonstração de entrosamento.

45715_578821058806049_1997966695_n

31/03/2013

INACREDITÁVEL! Ninguém segura o Leão do Parque! 3 vitórias em 3 partidas. Gaúcho e União são as novas vítimas, ambas a cerca de 600km de distância. O goleiro pega até pensamento. O ataque não perdoa uma. O lateral é o amuleto da sorte, entra e decide.

26161_zoom

05/05/2013

NO SUFOCO! Depois do início arrebatador, o time cai de produção e se classifica graças ao empate entre Guarany de Camaquã e Brasil de Farroupilha, na terra do arroz, e ao gol contra marcado pelo zagueiro Gonçalves [ETERNO (ns)] dos Canários de Erechim. Nas semifinais, o time da terra da MAÇÃ pela frente, o mesmo da estréia.

27021_zoom

13/05/2013

BARBADA! O Glória é presa fácil para o Leão. Duas vitórias. 2×0 no Dapuzzo e 2×1 nos Altos da Glória. Chegamos. E agora? Está tão perto… ao menos já garantimos a disputa da terceira vaga. Mas, queremos mais. Queremos o MILHÃO. Queremos vencer. Que venham os Xavantes!!

943481_462772760473974_19470496_n

17/05/2013

PRETEOU O OLHO DA GATEADA. Não jogamos nada! Xavantes 1×0, graças a SÃO LUCIANO. O goleiro de 43 primaveras foi uma muralha em todas as partidas até aqui. Se estamos vivos para domingo, é porque este MONSTRO pôs-se a disposição. A torcida promete, “ÃO ÃO ÃO, DOMINGO É CALDEIRÃO!”.

LUCIANO

19/05/2013

REDENÇÃO. O goleiro, mais uma vez, mostrou-se num auge inalcançável para muitos TRINTÕES, quanto mais QUARENTÕES. Pegou TRÊS penalidades. INESQUECÍVEL! O camisa 9? Ninguém mais ninguém menos que ALÊ, o MENEZES. Casquinha para o DIABO LOIRO, AYLON. Era o gol que fazia o caldeirão passar de prometido para consumado. O lateral? CAIO GOMES, o carequinha. Cobra com MAESTRIA o pênalti do título. Invasão, loucura, êxtase!

O time, que começou desconfiado e parecendo fadado ao insucesso, conquistava aquilo que mais de TREZENTOS jogadores tentavam. O acesso era nosso. Legítimo.

23/06/2013

TÁ SAFO! Eliminação na primeira fase do segundo turno. Motivos foram vários: cansaço, ressaca, investimento dos demais, pênaltis mandrakes e algum comodismo. Mesmo assim, despedida digna. Vitória em Santa Cruz. 1×0 no Avenida. Agora, nos resta treinar e treinar…

2

17/07/2013

PUTS… precisava? Sim. Depois de todos os objetivos alcançados, chegamos à grande final, pra fechar com chave de ouro. Ou não. O Xavante veio de novo, mas dessa vez com sangue NOZÓIO e qualidade no pé. Ainda não engoliu a derrota na primeira batalha. Mas agora quem vai ficar com a derrota entalada na garganta somos nós. 4×1 para os rubro-negros. QUATRO apagões do gerador. IMPRUDÊNCIA dos PLAYMOBILS fardados. Noite para esquecer, ou melhor, para mudar.

3

Não somos os melhores, por hora fomos, mas não mais. Empurramos com a barriga o campo ruim, a iluminação fraca e a arquibancada interditada. Agora, não podemos mais.

A derrota na noite de quinta nos fez relembrar o quanto ainda temos que evoluir. Ninguém queria perder, mas já que assim se fez, mudemos. O que acontecer em Pelotas, na noite do próximo sábado, não alterará nossa emergência por mudanças. Nem se São Paulo, Aldo Dapuzzo, Itália Dapuzzo, Darcy Encarnação e demais rubro-verdes se fundirem nos céus e empurrarem 4 bolas no gol Xavante.

Vamos nos associar, ir à cancha, acompanhar, vibrar, torcer, cobrar, exigir e MUDAR!

4

Agora que chegamos lá, não vamos baixar a bola.

Saudoso, esperançoso e apaixonado,

Matheus Almeida

(As fotos são de João Pedro, Fabio Dutra, Guilherme Rajão e Papareia News. O vídeo é uma produção da Torcida Organizada Mancha Rubro Verde)

Publicado em Brasil de Pelotas, Divisão de Acesso 2013, São Paulo-RG, Segunda Divisão 2013, Série A2 2013 com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

5 Respostas a Recordar, Perder, Levantar, Mudar e Crescer!

  1. Franco Garibaldi diz:

    Boa, Matheus. É importante que dentro do clube exista essa percepção de que o que passou passou e que a necessidade de melhorias estruturais é urgente.

  2. Valeu Franco, é mais ou menos por aí. Mauricio Saraiva será nosso convidado de honra na inauguração da arquibancada. Temos muito o que fazer, mas, principalmente, nos preocuparmos em permanecer na primeira divisão.

  3. Franco Garibaldi diz:

    É por aí. E se encontrarem o Saraiva por aí, procedam seu empalamento sumário. Dificilmente alguém irá contestar tal decisão.

  4. Tyele diz:

    “Não somos os melhores, por hora fomos, mas não mais. Empurramos com a barriga o campo ruim, a iluminação fraca e a arquibancada interditada. Agora, não podemos mais.

    A derrota na noite de quinta nos fez relembrar o quanto ainda temos que evoluir. Ninguém queria perder, mas já que assim se fez, mudemos. O que acontecer em Pelotas, na noite do próximo sábado, não alterará nossa emergência por mudanças. Nem se São Paulo, Aldo Dapuzzo, Itália Dapuzzo, Darcy Encarnação e demais rubro-verdes se fundirem nos céus e empurrarem 4 bolas no gol Xavante.

    Vamos nos associar, ir à cancha, acompanhar, vibrar, torcer, cobrar, exigir e MUDAR!”

    E rumo a PRIMEIRA!

  5. Pingback: E isso é tudo, pessoal? | Toda Cancha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *