Abram cancha para o Índio!

eder2013Éder Lazzari, o cacique

5 de maio de 2012, data do derradeiro confronto do ESGUALEPADO e relegado Guarani. Desde então a espera CORRÓI corações na capital do chimarrão, que encontra aconchego na ascendente Assoeva que eleva o nome de Venâncio Aires nacionalmente.

Com esse hiato forçado da impossibilidade financeira de disputar a Copa RS e o início da Terceirona datado para agosto, a direção tratou de investir no que o Rubro-Negro tem de melhor e olhou à própria OCA privilegiando os campeonatos de base. No segundo semestre do ano anterior, LOS MATEROS disputaram a Copa Sub-19 onde conquistaram um HONROSO vice-campeonato, além da glória EFÊMERA.

No primeiro semestre de 2013, a equipe focou seus esforços no estadual sub-17 onde caiu logo na primeira fase, ficando na terceira posição de uma chave com Internacional, São José/Multisom e Sapiranga. Porém serviu de avaliação para que o técnico Chicão pudesse FISGAR alguns de seus futuros comandados no profissional.

Pré-temporada

Dois meses atrás abriu-se a pré-temporada visando uma costela com menos graxa no ano da Copa. Foram disputados quatro amistosos o primeiro deles em maio contra os reservas do Avenida, onde a base do sub-19 com o adendo do eterno Éder Lazzari e os atacantes Ceará e Luan, responsável pelo HATRICK na vitória por 3×0 no jogo treino realizado nos CALÍPIOS da Terra da Cuca com Linguiça.

Dias depois, outro amistoso regional foi peleado em Lajeado, ante os alvi-azuis bebedores de Fruki e com a adição do seguro arqueiro Rodrigo, oriundo do Glória. O embate terminou 0x0 com um gol assinalado pelo avante Luan DUVIDOSAMENTE anulado.

A terceira indiada se realizou perante o Juventude e diante de outro adversário seriado é que veio o primeiro revés, 3×0 em domínios Jaconeros, em um PRELÚDIO da Copa do Catar tivemos três tempos de 30 minutos cada e algumas das novas caras foram testadas, como o canhotINHO Alexandre que fez sua estréia com o manto.

luangol13noia

Luan fazendo o que sabe, GOLO

Por fim, a estréia em casa veio em amigável diante do Novo Hamburgo. Luan foi o responsável pelo tento da vitória Índia. Mas o destaque do dia foi a confirmação da contratação do senhor acesso Rafael Bitencourt, ele que CARREGOU o clube nas costas formando dupla infernal com Mano Garcia em 2006, ano do último acesso índio. Dia 21, mais um amistoso com derrota em Gravataí. 1×0 contra os Chevetteros e mais entrosamento para a equipe de BIG CHICO que contou apenas com os xirus da base, Teda e o miúdo maravilha (ou não) Alexandre em Gravataí.

Quarta-feira, a visita a Novo Hamburgo um empate por 1×1 com gol do meia Chiquinho para o escrete colonial na casa pintada com cores de outro time. Estreia boa para o mesmo e para o avante Rodolfo que fez a jogada do gol. No sábado, 27, o último teste contra o sub-20 do Grêmio em casa e veio outra derrota, 0x2 e um jogo que encerrou-se aos 20 do segundo tempo devido ao banzé entre os viventes que teve início numa obstrução GUASCA de Rangel.

A diretoria tentou o ídolo e destaque das últimas batalhas, Japa, mas o artilheiro da divisão de Acesso fechou com o FC Osaka da terra de origem de sua alcunha.

Na comissão técnica, dois xirus conhecidos, Alex Klafke, ex-atacante, agora preparador físico e Tigre preparando os arqueiros rubro-negros. O primeiro começa agora sua carreira na nova função, tal qual como jogador, inicia seus trabalhos na preparação no Guara. O segundo estava no Avenida. Foi guarda-metas em 2000 e 2001, era amado por alguns mateiros que faziam arder sua orelha direita com dizeres como ESCANTEIO VIRA PÊNALTI (essa era fala do meu pai) e outros dizeres proibidos nas arenas coxinhas e que agora são restritos aos canteiros interioranos.

rbit

Rafael Bitencourt está de volta!

Ademais, parabenizo algumas empresas locais pelo apoio, ALM, Helfer e Augusta, a IMX que lançou bons e guapos fardamentos, e sobretudo a direção que está trabalhando muito para que seus ADEPTOS tenham motivos para sorrir com um grupo fechado e qualificado para o acesso já nesta temporada e que agora também apóia outros esportes como basquete e judô.

Elenco e procedência:

escadinha

Pacote vindo de Santa Cruz do Sul (Alexandre, Daniel e Tigre)

Goleiros: Rodrigo (Glória) e Daniel * (Avenida);

Laterais: Léo, Pastel, Alê (base) e Márcio (Santo Ângelo);

Zagueiros: Teda * (Avenida), Carlão, João Taquari, William, Sapé (base), Vinícius e Márcio Nunes *  (Riograndense);

Volantes: Éder Lazzari * (sem clube), Élber (Botafogo), Rangel * (Riograndense), Betinho e Guto (base);

Meias: Alexandre (Avenida), Sílvio, Ceará (base), Rafael Bitencourt * (Esportivo), Chiquinho (Panambi), Baiano, Bruno e Negueba (base);

Atacantes: Luan (base de Juventude e Inter-POA), Rodolfo * (Ypiranga) e Clodoaldo(Avenida).

*Já vestiram a peita anteriormente

Tabela

 tribo

Inflamada e fiel Tribo Guarani

Tentando entender a capacidade da FGF de fazer m… Foi assim que encarei a tabela com regulamento semelhante à Série A e sem apoio algum além de míseros 13 mil reais da televisão. Na primeira fase passam dois após sete jogos, na segunda passam quatro em SEIS jogos. Alguém consegue entender a LÓGICA nesta INSIRA PALAVRA DE BAIXO CALÃO aqui?

Com esperança de dias melhores, sentindo um misto de amor e masoquismo e aguardando ANSIOSAMENTE o final dos intermináveis 454 dias sem Guarani em campo. A estreia no dia 2 de agosto ante o estreante Marau. Temos um grupo que pode reverter a desvantagem de um jogo a menos em casa que alguns de seus rivais nesta invernada genial que será o torneio mais FALIDO de todos os tempos.

No total, jogaremos seis em casa e sete fora. Além dos amigos do Sotilli, enfrentaremos Sapucaiense, 15, Milan, TAC e Guarany de Bagé no Edmundo Feix o FORTE APACHE de sempre. Os outros serão encarados fora, no que totalizarão 4160 km em viagens, isso ignorando uma eventual passagem aos mata-matas. Livramento, Crissiumal, Rio Grande, Bagé, Garibaldi, Nova Prata e Palmeira das Missões serão as localidades visitadas pelo INTRÉPIDO representante mateiro.

O time-base não fugirá de: Rodrigo; Alê, Teda, Vinícius e Pastel (Márcio); Éder Lazzari (Guto), Rangel, Alexandre (Rafael Bitencourt) e Chiquinho; Luan (Clodoaldo) e Rodolfo.

Fotos: jornal Folha do Mate, Portal RVA e facebook do EC Guarani

Acompanhando tudo à base de canha e pão-de-queijo;

Régis Nazzi

Publicado em Guarani-VA, Segunda Divisão 2013. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *