Vitória para dar CONFIANÇA!

toda_cancha3 (1)

O TAC se acostumou a matar UM LEÃO por rodada nestes dois jogos que disputou na Segunda Divisão. Após a vitória sobre o Palmeirense, na estreia, o jalde-negro derrotou o Leão da Fronteira, neste domingo, no EMBATE realizado no Estádio Luiz de Medeiros, em Três Passos. O TAC folgou no meio de semana, devido ao adiamento do jogo contra o Guarany, em Bagé.

Com mais este trunfo, o TAC atinge 6 pontos e está na vice-liderança do Grupo B, com um jogo e um ponto a menos que o líder Tupi.

O diferencial da equipe três-passense novamente foi o seu meio-campo. Impressiona a movimentação, habilidade e entrosamento de André Tereza, Wagner, Deivid e Maicon Leandro. Foi o ponto de EQUILÍBRIO, que deu consistência à equipe, mesmo nos momentos difíceis da partida.

No primeiro tempo o TAC impôs seu jogo desde o início. Diversas oportunidades foram criadas. O 14 de Julho de Livramento levava algum perigo em poucos contragolpes, puxados pelo bom atacante Michel. Aos 16, Deivid lançou Maicon Leandro. O meia-atacante limpou a marcação e com um toque consciente encobriu o goleiro Yai, abrindo o marcador da tarde com um GOLAÇO.

O 14 de Julho emparelhou as ações por alguns instantes e aproveitou uma falha de saída do goleiro Douglas para empatar. Michel cobrou falta da meia-esquerda e em confusão na marca do pênalti, o veterano Delmer desviou MANSAMENTE para a rede. Igualdade no placar: 1 a 1.

Logo após, em uma troca de empurrões, após falta dura sofrida pelo atacante Josimar, do TAC, rente à linha lateral, o lateral-esquerdo Willian, do 14 de Julho, e o lateral-direito Rossi, do TAC, acabaram sendo expulsos de campo. Com um pouco mais de espaço no gramado, o TAC se impôs ainda mais no jogo. Aos 30, Deivid fez outra ótima jogada pela ponta-esquerda, chutou cruzado, o goleiro Yai espalmou pra frente, e o centroavante Fabio Buda, bem colocado, não perdoou, aparando de cabeça e decretando 2 a 1. Aos 38, Fabio Buda cavou um pênalti duvidoso.

Ele mesmo cobrou, mas o goleiro Yai VOOU no canto direito e espalmou para escanteio, salvando o Leão da Fronteira. Dois minutos após, o zagueiro Gonçalves, do TAC, parou com força uma jogada de ataque do 14 de Julho. O árbitro, em um rigor excessivo, pois não se tratava do último homem, expulsou o defensor três-passense, deixando apreensiva a torcida taqueana para o decorrer do jogo.

No 2º tempo, TAC liquida a fatura logo no início

Após segurar o placar favorável nos últimos minutos da primeira etapa, com um jogador a menos, o TAC voltou atrevido para o segundo tempo. O zagueiro Talheimer entrou na vaga de Josimar, para recompor a zaga.

Logo a 3 minutos, Deivid cobrou falta da meia-direita. A zaga do 14 tentou fazer linha de impedimento, mas o lateral Moisés não entendeu e acabou errando o domínio. A bola sobrou para Fabio Buda, que driblou o goleiro e foi derrubado. Outro pênalti que ele mesmo cobrou e, desta vez, converteu: 3 a 1 para o TAC e maior tranquilidade para encarar o restante da partida com um homem a menos. O único erro no lance foi da arbitragem, que deveria ter expulsado o goleiro Yai pela falta. Mas ele levou apenas o amarelo.

toda_cancha2 (1)

A equipe jalde-negra esteve bem postada defensivamente durante o restante do jogo. O 14 de Julho tentava girar a bola de um lado e de outro, mas não achava brechas para concluir. E de quebra, Deivid e Wagner puxavam contragolpes perigosos para o TAC ou seguravam a bola no campo de ataque. Não a toa, o TAC teve boas oportunidades, inclusive, de ampliar o marcador.

toda_cancha6

Agora três desafios fora de casa, em sequência

A vitória foi muito valorizada pelo grupo do TAC, pois a equipe irá encarar agora três partidas fora de casa em sequência. O jogo adiado contra o Guarany, em Bagé, será quarta-feira (14/08). No domingo, dia 18, a equipe encara o Garibaldi, na serra gaúcha. E no outro domingo, dia 25, o confronto é em Sapucaia do Sul, frente ao Sapucaiense. O TAC volta a jogar em casa apenas no dia 28 de agosto, uma quarta-feira, quando enfrenta o Nova Prata.

Ficha técnica:

TAC (3): Douglas; Rossi, Gonçalves, Nicoletti e Luiz Henrique; André Tereza, Wagner, Deivid e Maicon Leandro (Julio César); Josimar (Talheimer) e Fabio Buda (Marrom). Téc: Jair Galvão.

14 de Julho (1): Yai; Moisés (Matheus), Arruda, Bruno e Willian; Dunga (Gustavo), Vando, Luis Paulo e Vinicius (Dakimalo); Michel e Delmer. Téc: Sergio Rios.

Arbitragem: Marcos Sacon, auxiliado por Eduardo Chaves e Franciel Horn.

 Expulsões: Rossi e Gonçalves (TAC); Willian (14 de Julho).

 Gols: Maicon Leandro e Fabio Buda (duas vezes), para o TAC.

Delmer fez o gol do 14 de Julho.

Diretamente da terra do Borussia Dortmund dos Pampas…

Vini Araujo

@viniaraujo87

Publicado em Guarany de Bagé, Segunda Divisão 2013, Três Passos com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *