Faltou uma referência

 Grêmio x Fluminense

“SÁBADO DE SOL, ALGUEI UM CAMINHÃO, PRA LEVAR A GALERA, PRA VER UM JOGÃO”. Era o que a torcida do Aimoré esperava: sair de casa no sábado à tarde, pegar o AUTO e ir ao estádio Monumental Cristo Rei ver uma grande vitória do índio capilé. Apesar de o clima estar propício para a prática desse esporte um tanto quanto fascinante, o elenco amoresista não mostrou intimidade com a gorducha.

Pela Copa Metropolitana, o velho cacique leopoldense enfrentou o Inter B ou J ou seja lá a letra que se usa. O jogo foi marcado por uma enorme falta de intimidade com a bola de ambas as partes no começo da peleia, ocorrendo a primeira real chance de TENTO aos 14 minutos por parte do time vestindo tons avermelhados, sendo bem defendida pelo arqueiro Rafael. Enquanto isso o Aimoré errava muitos passes, errou tantos que provavelmente estourou a cota do campeonato inteiro. As investidas mais lúcidas pouco assustavam o guarda-metas que trajava tons rubros.

Grêmio x Fluminense

Enquanto não levasse gol, o time do bairro Cristo Rei estava no lucro. Porém, como declamou o mestre Jayme Caetano Braun: ‘’mas o que é bom se termina, cumpriu-se o velho ditado’’. O velho ditado que diz que ‘’ QUEM NÃO FAZ LEVA’’, se fez presente aos 37minutos quando, contra sua própria meta, Toto inaugurou o placar da pelada. A lambança estava feita e restava ao Aimoré, sem uma referência no ataque, buscar o resultado.

O bochincho seguiu no mesmo embalo até que mediador do jogo apitou o fim da primeira etapa e a turminha da corneta foi comprar um PEPÃO, um PASTEL,  até um saquinho de pipocas e debater sobre como a situação poderia ser resolvida e admirar a silhueta da bela jovem bandeirinha que abrilhantou mais ainda a tarde ensolarada de sábado.

O juiz autoriza o recomeço da partida e a situação não muda: o Aimoré erra TROCENTOS passes, não há pra quem jogar a bola no ataque e Moacir, sem sucesso, tentava romper a defesa colorada. E como a desgraça nunca vem sozinha, o placar foi alterado novamente: Thales ampliou a vantagem dos moranguinhos. Sentindo que a coisa não cheirava bem, o técnico amoresista sacou Moacir e colocou Almir, vindo do Ypiranga, para dar um pouco de clareza à meia-cancha indígena. Novamente o índio leva um cagaço e Rafael opera dois milagres incríveis.

A partir de então, o baile não ficou mais tanto no escuro. Tanto que, aos 32 minutos da segunda etapa, Lukinhas, vindo da casamata momentos antes, recebeu bom passe, fez BUENÍSSIMA jogada, tirou o goleiro pele-vermelha pra dançar uma marca e tocou pro fundo das redes. A vontade de empatar era tanta que, tomado por seu ímpeto guerreiro como um galo de rinha, Faísca cometeu falta, levou o segundo amarelo e foi mais cedo tomar uma chuveirada.

Grêmio x Fluminense

Mesmo desfalcada, a tribo do Rio dos Sinos mostrava outra atitude. Aos 37 minutos e meio, Almir bateu falta e obrigou uma intervenção do goleiro da beira do Guaíba. Passava dos 40 minutos e um novo apagão se instalou no time do Aimoré: o Inter ampliou seu score para 3 com Natan. O índio capilé voltou a assustar em uma cabeçada defendida pelo goleiro CAT-CHUP e em mais uma boa cobrança de falta de Almir. Final de jogo e o Aimoré sai no prejuízo do seu estádio. Fica expectativa de nova cara com o novo técnico, Gilmar Iser, e também com a volta de um velho conhecido: Lucas Silva.

Escalações:

C.E.AIMORÉ: Rafael; Alex Herber, Jésum, Rogério e Alex; Luanderson, Toto, Faísca e Mikael; Moacir e Murilo. Entraram:  João Paulo, Lukinhas e Almir. Técnico: Luiz Enrico Zanetti.

S.C.INTERNACIONAL: Anderson; Vilela (Jair), Thales, Tarik e Arthur; Rodrigo, Marlon, Gava (Junior), Alex (Vadívia) e Natham (Penha); Giovâni (Aylon). Técnico: André Doring.

Esperançoso de dias melhores,

Amaro Francisco Viero Silveira.

(fotos de Guilherme Testa, site do SC Internacional)

 

Publicado em Aimoré, Copa Metropolitana, Resumo da rodada com as tags , , , , . ligação permanente.

Um comentário em Faltou uma referência

  1. Luiz Eugênio Gressler diz:

    Sou da turma da corneta!! \o/
    O jogo tava horrível mas o texto está ótimo ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *