Chocolate direto da fronteira. Servidos?

milan1

Buenas e me espalho… No sábado MAIS GELADO DO ANO pelas bandas da Fronteira mais irmã do mundo, com cerca de cem (será?) fiéis almas no João Martins, o Leão da Fronteira recebeu o Milan, de Júlio de Castilhos, e tratou de vencer e melhorar suas notas aplicando a maior goleada da Segundona.

Depois de um primeiro tempo de vários desperdícios, onde as facilidades oferecidas pelo semiamador time do Milan (a maior parte de seus atletas são amadores – situação já vivida pelo 14) levaram a certo preciosismo no acabamento das jogadas, o estreante e centroavante de carteirinha Rafael Refatti mostrou mais objetividade. Jogando 45 minutos e comprovando suas credenciais, fez logo dois GOLOS, bem como proporcionou preciosas assistências aos companheiros, assim justificando plenamente a sua contratação.

milan4

Se os três pontos já estavam praticamente conquistados, o 14 trouxe para o segundo tempo um time decidido a aproveitar as falhas do adversário e, assim, ACERTAR mais vezes para melhorar o saldo. Uma garoa terrivelmente gelada se abateu sobre o estádio e deve ter contribuído para ruir com as trincheiras dos milanistas, que a partir dos 26 minutos viram o LEÃO se impor técnica e fisicamente, empilhando nada menos que CINCO lindos tentos certeiros. O LAÇAÇO começou quando Moisés cruzou a redonda pela direita e Luís Paulo, de cabeça, acertou o gol afirmando 3 a 0 para os de Livramento. William (de lateral-esquerdo para meia nessa etapa) não só comandou a goleada como tratou de fazer mais dois GOLOS, ampliando o placar para cinco a zero. Os demais foram dos jovens Juan Andrés (doble chapa – em sua estreia profissional) e Filipe Inchauspe (um CAVALO de forte –  recém em sua segunda partida profissional, fazendo novamente uma atuação IMPECÁVEL).

Apesar do grande escore, não há espaço para euforia, pois as possibilidades de classificação passam pela difícil peleia conta o VOVÔ, na Noiva do Mar, na próxima quarta feira, jogo sempre muito duro, mesmo com a péssima fase do mais velho.

milan2

O que importa mesmo é que, apesar de descontadas as fragilidades do adversário, se vê agora em campo um 14 que permite alento a seus pouquíssimos fiéis graças ao trabalho desenvolvido por Fabiano Daitx, conseguindo duas vitórias em dois jogos. Se seguirmos nessa linha, podemos ter a certeza de que pelo menos pelearemos com a GARRA que sempre caracterizou o Leão até o final.

FICHA TÉCNICA

14 de Julho (7):Yai; Moises, Bruno, Arruda, William; Vando, Gustavo, Luis Paulo (Vinicius) e Fernando Lima (Felipe Inchauspe); Refatti (Juan) e Michel. Técnico: Fabiano Daitx.

Milan (0): Robson; Denis, Paulo Cesar, Murillo (Gean Nunes) Diozer; Roque Jr, Peter, Kaian e Alisson; Vicente e Pirata. Técnico: Gaúcho.

Arbitragem: Gilmar Nunes dos Santos, auxiliado por Ismael Fabiano Mancilha e Everton Lopes Alves.

Com a esperança de que agora pegue o embalo e vá com tudo,

Natália Campos

Publicado em 14 de Julho, Milan, Segunda Divisão 2013, Terceirona 2013 com as tags , , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 Respostas a Chocolate direto da fronteira. Servidos?

  1. Enrique Xavante diz:

    Em que posições jogam Juan Andrés e Filipe Inchauspe?

  2. luis roberto campos diz:

    Jun Andrés é meia atacante(destro).Felipe é zagueiro, mas tem sido improvisado na lat esquerda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *