A volta e o caos encarnado e branco

guarany

Alvirrubros e rubro-negros se digladiaram na relva do Estrela D’Alva em ENTREVERO válido pela 1ª rodada do returno do Costelão de Segunda 2013. O jogo marcou a estreia do iniciante técnico Ben-Hur Marchiori. Muitos ficaram com um pé atrás, pois em meio de um campeonato, uma aposta, como ele, seria muito arriscada. A verdade é que ainda não sabemos se a aposta foi boa ou não, porém já se viu uma grande mudança na auto-estima do elenco.

Taticamente falando, Marchiori mudou completamente o time em relação esquema de seu antecessor Leco. Adepto do futebol ofensivo, e de pressão na saída de bola do adversário, o Delegado aposentado aposta no 4-3-3 como a trilha para o caminho da ASCENSÃO. O fato é que nos primeiros dois jogos no comando do novo DT, esse esquema tático vem dando certo; Empatou com o finalista do turno passado, Sapucaiense, e venceu de forma COPERA, com muita emoção o 14 de Julho.

O JOGO

Nos primeiros 20 minutos de jogo só o Guarany jogou devido ao esquema adotado, que fazia com que a saída de bola Santanense fosse sufocada pelos Índios da casa. Aos 12’ do 1°/T , após cobrança de escanteio e bola mal tirada pela zaga do 14, Zé Anderson, de peito de pé chutou quase da marca do pênalti. A bola tirou tinta da trave do castelhano mais oriental do mundo, YAI.

O Guarany seguia pressionando, mas sem oferecer perigo à meta LIVRAMENTENSE. O 14 chegou duas vezes com perigo: Uma pela direita em bola enfiada na linha de fundo, em que o jogador do Leão da Fronteira chutou alto, e outra pela esquerda em que o novo goleiro do Guarany, GEO, com os pés salvou o que seria o primeiro gol da tarde.

O MELHOR VIRIA NO SEGUNDO TEMPO…

Iniciava o segundo tempo e Ben-Hur trocava o atacante da direita, Zé Anderson, pelo predestinado garoto Rodrigo Magalhães, que brilharia 45 minutos depois. A segunda metade de jogo começava não muito movimentada. Aos 27’ do 2°/T, o arqueiro GEO, tão alto quanto o edifício Dom Diogo de Souza, fez uma grande defesa em falta frontal a área. Naquela altura do jogo, o PORTERO já era destaque da partida.

CAOS, CAOS e CAOS

Passavam-se 45 minutos do segundo tempo. A torcida estava impaciente, até os PERROS que por ali passavam, pareciam inquietos, dois pontos estavam escapando, em casa, coisa que não poderia acontecer. Por obra dos Deuses do Futebol, saíram no contra-ataque 3 alvirrubros contra 5 rubro-negros. Como os 300 de Esparta, em desvantagem numérica, os 3 índios do Bageenses foram empurrando os 5 leões da fronteira, liderados pelo PREDESTINADO Rodrigo Magalhães, que carregava o esférico de couro consigo, carregando o presidente, o treinador, os outros jogadores e todos os torcedores que ali estavam nas costas e após entortar o zagueiro da fronteira, chutou, rasteiro no canto esquerdo de YAI que nada pôde fazer.

Ali instalou-se o CAOS! Latidos, gritos, comemoração. O estádio Antônio Magalhães Rossell veio à baixo como há muito tempo eu não via. Invasão de campo dos reservas, diretores, médico, massagista, parecia que naquele momento, o gol de ouro tinha voltado ao futebol.

O árbitro não tinha mais autoridade para nada, quem mandava ali eram os alvirrubros e mais ninguém. Guarany 1 a 0 e o jogo terminara. No vestiário, emoção do treinador e do autor do gol que ali derrubava lágrimas. O sentimento pareceu ter voltado, a vontade foi renovada, e os jogadores parecem estar mais fechados que nunca com Ben-Hur. O próximo embate é contra o Palmeirense, em casa, no domingo. Vencendo, começaremos a encaminhar a classificação. Oremos e torceremos.

FICHA DO JOGO:

GUARANY
Geo; Douglas, Renato Saldanha, Marcelo, Ivan Lima; Max, Almir, Cleber Oliveira; Gêison (Thiago Saraçol), Zé Anderson (Rodrigo), Alan.(Michel)
Téc: Ben-Hur Marchiori

14 DE JULHO
Yai; Anderson, Bruno, Léo Paulista, Rodrigo; Gustavo, Vando, William, Iler (Moisés), Michel; Refatti
Téc: Fabiano Daitx

GOL: Rodrigo Magalhães (46’/2ºT)

ARBITRAGEM: Gilmar dos Santos auxiliado por Luiz Castiglione e Everton Alves.

Direto da Rainha da Fronteira,

Kauê Monteiro

(Crédito foto: Sérgio Galvani)

Publicado em 14 de Julho, Guarany de Bagé, Segunda Divisão 2013, Terceirona 2013 com as tags , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *