Não é o ideal, mas é o que há para o momento

11

Uma vitória na sua aldeia contra um apanhado dos reservas de um time de garotos, cujo clube está retornando ao profissionalismo após anos de ESCURIDÃO. Para o desavisado transeunte da região que dá nome a esta INSTÁVEL competição, que é a ENGARRAFADONA 2013, o Aimoré não fez mais do que sua obrigação ao sapecar o 15 de Novembro por três tentos a zero, mas seguramente não é só isso que importa.

Após empatar contra o Cerâmica, num daqueles jogos que você não verá na RETROSPECTIVA do futebol 2013, a pressão para que o escrete levado pelas mãos do Tio Iser obtivesse um resultado satisfatório passou a ser bem maior.

Optando por uma formação mais resguardada, com três volantes e somente Almir na articulação de pensamentos e CREDOS, os alviazuis partiram com uma certa dificuldade de conseguir atacar, de forma REAL, os Tricolores.

Das caras conhecidas do XV nessa sua incursão às relvas rio-grandenses, Jórter e Serjão figuraram como expoentes. Pois o recém chegado treinador quinzista, Daniel Franco, poupou jogadores como GOTT, Ronaldinho, Itaqui, dentre outros menos ou mais votados. Ou será que não foram escalados por seus partidos não ter obtido registro no TSE? (ns).

A única vez em que os CICLOVIÁRIOS se espevitaram foi quando Rafael saiu mal do gol, após cruzamento, e Serjão cabeceou por sobre a baliza. O calor e, talvez, a churrascada ingerida algumas horas antes fizeram com que o ritmo da bailanta diminuísse.

33

Mas no final da primeira parte desse conto pouco lírico, Alex Hérber cruzou da direita e LS9 cabeceou sem qualquer possibilidade de EMBARGOS para o guapo de camisa verde. Estava aberto o escore na terra da futura maior torre de testes de elevadores da América Latina (!). Aliás, pegando o gancho, o que se comenta é que a empresa responsável por isso, a Hyundai, estampará também seus dizeres nas jaquetas aimoresistas no TARSÃO 2014. Observemos.

44

O começo do segundo tempo foi alucinante e Murilo tentou de BIKE, na primeira estocada Índia, por pouco a ingrata não chegou a seu TARGET. Aos 4′, Cristiano soltou a pata e a moranga bateu no poste guarnecido pela Tribo leopoldense. Enquanto as pessoas tentavam respirar fundo, Lucas Silva bateu com a canhota e novamente o arqueiro campo-bonense salvou sua pátria.

Não demorou para LS9, o rapaz estava inquieto, fazer uma de suas PICARDIAS pela borda esquerda e sofrer uma falta. A.Hérber bateu com carinho, o supracitado 9 capilé ajeitou e Rogério completou para a rede.

55

Houve uma redução total na intensidade do jogo, o pessoal da terra da antiga CATLÉIA parecia satisfeito com o resultado que fazia com que o PEQUENO GIGANTE não perdesse a dianteira da competição, inclusive com o comandante colocando mais homens de marcação na sua MEIUCA.

Em uma das 2000 chegadas dos indígenas pelo lado esquerdo, nova falta cometida pelo lateral DILECO dos YELLOWS. Na batida, Alex Hérber emulou uma jogada de futsal, o lateral-direito só rolou para Faísca soltar a canhota com violência e guardar a terceira traulitada no fundo da goleira.

22

Com três a zero no placar, não houve nada de muito mais relevante e terminamos assim essa charla. O Aimoré, atual quarto colocado, precisa de um resultado positivo diante do São José, na noite de amanhã, no Estádio Cristo Rei para chegar á última rodada do torneo, dependendo somente de si. Já o 15 de Novembro terá, em seis dias, três partidas derradeiras para as suas pretensões tanto na METROZONA quanto para a TERCEIRONA.

Ficha Técnica:

COPA METROPOLITANA 2013

C.E.AIMORÉ 3 X 0. C.15 DE NOVEMBRO

LOCAL: ESTÁDIO MONUMENTAL DO CRISTO REI – SÃO LEOPOLDO/RS

C.E.AIMORÉ: Rafael; Alex Hérber, Rogério, Luis Henrique e Alex; Toto, Crstian, Faísca e Almir; Lucas Silva e Murilo. DT: Gilmar Iser. Entraram: Brock, Maxwall, Lecão, Luanderson e Moacir.

C.15 DE NOVEMBRO: Mateus; Dileco, Serjão, Negretti e Takeda; Vagner, Jórter, Dionatan e Cristiano; Bicaco e Júlio. DT: Daniel Franco. Entraram: Lelê, Xandão, Rodolfo e Paim.

Como não gosto de comprar CDs lá, confiante estou que sapecaremos o time patrocinado pela rede de lojas que estão sempre vazias do TIO CHICO,

Natan Dalprá Rodrigues

 

Publicado em 15 de Novembro, Aimoré, Copa Metropolitana com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *