O longo vôo de um Periquito desacreditado

tc1

Chego com a voz meio EMBARGADA pra dizer que esse pode ser meu último texto no ano, mas não tô triste não. A MINI PERIQUITADA do Avenida me encheu de orgulho nesse segundo semestre, alcançou os objetivos e foi eliminada numa SAPATADA do Grêmio, porém de cabeça erguida até o final. Mas dadas as cartas, vamos aos fatos.

A PERIQUITADA que empatou em 2 x 2 diante do torcedor na sexta-feira, foi até o CT do Grêmio em Eldorado do Sul já na terça-feira querendo fazer história diante dos azuis. O intuito era esse e o Avenida começou fazendo isso, iniciou melhor em campo e logo aos 13 minutos de bola rolando, o camisa 10, Kiki, abre o marcador para os alviverdes, deixando todo mundo mais faceiro que guri de bombacha nova. Mas como nem tudo que reluz é ouro, não demorou para que o empate fosse cedido, logo em seguida a virada e o terceiro gol. Ainda acreditando no resultado positivo, o Avenida foi pra cima e mais uma vez ele, o artilheiro da equipe, o camisa 9 Guilherme fez uma PINTURA de fato e cravou o 3 x 2 no placar antes do intervalo ainda.

Na volta do intervalo o lado verde novamente foi pra cima, mas acabou tomando o quarto gol em uma roubada de bola do lado azul. Sem tempo pra cerimônias o SALVADOR Fanfa fez o terceiro gol pros visitantes e trouxe a esperança de volta, com o 4 x 3 no placar faltava apenas um gol pro Avenida trazer a vaga pra Santa Cruz do Sul. O BOM jogador Fanfa (que a torcida CLAMA por deixar de vez o futsal e ficar no Avenida em 2014) seguiu mostrando muita vontade e querendo mais um gol, chegando a explodir uma bola na trave logo na sequencia do gol.

Num jogo que já estava mais pra placar de basquete do que de futebol (?), o OITAVO gol da partida veio sem demora. Mas não do lado que o torcedor alviverde queria, em uma cobrança de tiro de meta, o guarda metas do Periquito colocou a bola nos pés do centroavante do Grêmio que não perdeu a oportunidade de colocar o time em vantagem novamente, era o 5 x 3 sendo cravado no marcador e o time alviverde que murchava em campo, literalmente entregou os pontos depois do gol. O tricolor da capital ainda marcou mais duas vezes até o final da partida, terminando a partida no 7 x 3.

A eliminação foi consolidada, mas de cabeça erguida. Havia mais de dez anos que o Grêmio não levava cinco gols de uma equipe do interior em dois jogos de mata mata. “Estamos fora, mas caímos de pé (?). Fizemos história, somos a única equipe do Vale do Rio Pardo no Gauchão de Juniores Série A em 2014. Todo o esforço feito valeu muito a pena”, disse o técnico Lúcio Collet num misto de orgulho e um pouco de “queria mais” ao final da peleia.

tc2

O Periquito da Terra do Fumo encerrou a participação na competição na sétima colocação, ficando a frente do Veranópolis, equipe que disputou o último estadual de juniores e que está na Primeira Divisão de Profissionais desde 1993, sem ser rebaixada. As semifinais da Copa FGF Sub 19 serão: Aimoré x Inter e São José x Grêmio, as quatro equipes pertencem  à Primeira Divisão do futebol gaúcho.

NÚMEROS

O Avenida encerrou a participação na competição com 13 jogos. 5 vitórias, 3 empates e 5 derrotas.

31 gols marcados e 29 sofridos.

Artilheiros:

Guilherme Wegmann – 7 gols

tc3

Parrudinho – 5 gols

Fanfa – 5 gols

E assim se encerra o ano do Esporte Clube Avenida, com um primeiro semestre onde grande parte da torcida se viu DECEPCIONADA com o que foi apresentado dentro das quatro linhas e um segundo semestre onde o último jogo da gurizada em casa acabou com eles sendo aplaudidos com toda a torcida em pé nas arquibancadas. Agora tudo é (in)definição pra 2014. A base seguirá? Quem será o homem do comando do profissional? Da base? Quais jogadores virão? Só o tempo e a direção poderão sanar as dúvidas.

ALEAS,  nem sempre quanto maior o vôo, maior a queda. Ao menos o Periquito soube voar. Quem nunca sai do chão não sabe como é a vista.

 (As imagens são da cancheira Sabrina Heming)

Voltarei em breve,

 Sabrina Heming

Publicado em Avenida, Copa FGF Sub-19 com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *