As andanças de um Índio Guerreiro do Noroeste

tupi

Seja pela alcunha largamente conhecida de “a terra dos goleiros” ou pela não tão espraiada de “cidade sorriso”, Crissiumal teve um ano ímpar quando tratamos de futebol. Saiu da municipalidade o Tupi Futebol Clube, campeão da Segunda Divisão 2013 (a IMORTAL Terceirona Gaúcha). Contando com exatamente 14.084 habitantes (no Censo do IBGE de 2010) Crissiumal é o município com menor população do Estado a abrigar um quadro de futebol profissional em atividade. Com retorno ao jogo de bola profissionalizado em 2012, o Rubro-Negro criciumalense mesclou atletas da região, o trabalho contínuo desenvolvido por mais de um ano e o apoio da comunidade/torcida local para levantar a taça e ascender à Série A2 de 2014. Para entender o que fez do índio Guerreiro campeão deste ano continue lendo Clecio Ruver, do Guia Crissiumal e que faz a “arqueologia” do maior título dos rubros y negros do noroeste, APERTANDO aqui.

Publicado em Clubes Gaúchos, Segunda Divisão 2013, Terceirona, Terceirona 2013, Tupi de Crissiumal com as tags , , , , , , , . ligação permanente.

Um comentário em As andanças de um Índio Guerreiro do Noroeste

  1. francis diz:

    Sooh oq eu axo uma vergonha é á FGF não ajudar esse ano uma cidade como crissiumal pequena fica meio dificil assim poder participar da Serie A2 nos da torcida ÍNDIO GUERREIRO estamos todos preucupado com um possivel fato do tupi não poder participar esse ano da Serie A2 por não conseguir um patrocinio junto á FGF
    Varios jogadores da campanha de 2013 do tupi ja assinarão contrato com outros clubes
    Soh axoo que se á FGF não ajudar pelo menos consiga um patrocinio para nós néh
    um clube Campeão da Terceirona ficar fora justo um ano depois de ter sido campeão seria um fatoo eu axo que ja mais visto no mundo do futebol não axão ?
    Entaum se alguem da FGF ver isso aki que escrevi pense reflita e veja se poderia acontecer isso justo no Rio Grande Do Sul que tem uma das maiores potencia do futebol brasileiro Seria uma vergonha para o RS se algo assim fosse falado na Midia não ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *