A imprevista classificação antecipada – Caxias 2×0 São Paulo

07

Se alguém chegasse no Centenário a duas semanas atrás e dissesse que estaríamos classificados com duas rodadas de antecedência, seria taxado de louco. As reações variariam entre ironias, deboches e risadas descontroladas. Mas futebol desconhece previsões.

A Era Beto Campos teve ontem seu quarto capitulo, mais um vitorioso. Daqueles para DESINTEGRAR qualquer resquício de desconfiança que ainda poderia pairar sobre o nome do dono da casamata grená. Mas o mesmo que pensava que seria fácil contra o Passo Fundo e por ventura pensou que seria fácil contra o São Paulo/RG se enganou novamente.

06

Assim como o Passo Fundo, a tabela não está sendo justa com o futebol que o São Paulo apresentou em campo. Um time organizado, que toca a bola e que conta com CHUMBINHO na frente, responsável pela correria e boas estocadas na frente, longe de ser o time favorito ao rebaixamento que muitos imaginavam no começo da temporada. O Caxias, por sua vez, fez valer o fator local. Desde o apito inicial decretou o ABAFA, gerando 6 escanteios logo nos primeiro minutos de jogo. A postura ofensiva do time incendiou a torcida e gerou logo seu primeiro fruto: KARL recebeu de Júlio Madureira a bola no meio da área, girou sobre o marcador e apenas deslocou o goleiro Pablo. Caxias 1 a 0.

O gol forçou o São Paulo a se abrir e transformou a cara do jogo. Aos 20 minutos a primeira chegada, exigindo uma boa defesa do goleiro Douglas. A cena se repetiu ainda duas vezes no primeiro tempo, enquanto o Caxias investia no contra ataque. Apesar da intensidade da partida, ninguém mais sacudiu as redes na primeira etapa.

03

O segundo tempo manteve o alto padrão do primeiro, com os dois times propondo seu jogo e criando boas chances. O São Paulo, sabendo da necessidade da vitória, impôs a pressão na primeira parte da segunda etapa, mas sem sucesso. Como quem não faz leva, aos 29 minutos a velha jogada decisiva grená apareceu novamente: Wallacer, na bola parada, cobrando escanteio, jogou no FURDUNÇO  e o gorduchinha sobrou no pé de Baiano, que coroou sua boa partida marcando o segundo gol grená.

05

O gol sacramentou a quarta vitória do Caxias. Além da vitória, a torcida presente comemorou a classificação antecipada, o aniversário de 20 anos da torcida organizada Falange Grená e ovacionou no final do jogo o técnico Beto Campos, responsável pela REDENÇÃO.

O Caxias vai tentar a 5ª vitória seguida no domingo (09/03) contra o bom time do Cruzeiro, atual 4º colocado do grupo B. Já o São Paulo, em 5º lugar com 11 pontos, tem de vencer todos seus confrontos para conseguir a sonhada classificação. Enfrent na  13ª rodada o Novo Hamburgo (também já classificado) no Estádio Aldo Dapuzzo. Agora, pelas bandas do Centenário o objetivo é outro – trazer o mata pra casa.

Ficha Técnica:

S.E.R. Caxias: Douglas; Bebeto, Tiago, Léo Korte e Dieyson; Baiano, Alisson (Mailson, 47/2º), Wallacer e Karl (Rafael Carioca, 18/2º); Julio Madureira e Thiago Santana (Léo, 37/2º). Técnico: Beto Campos.

S.C. São Paulo: Pablo; Nego (Thiago, 45/2º), Cesinha, Júnior Sergipano e Correia; Balduíno, Nata, Guilherme e Robi (Gilian, 26/2º); Chumbinho e Carlos Alberto (Michel, 26/2º). Técnico: Toquinho.

Abraços,

Alan Fattori/Tiago Zilli

A fotos são do Diogo Sallaberry/Agencia RBS.

Publicado em Caxias, Gauchão 2014, São Paulo-RG com as tags , , , , , , , , , . ligação permanente.

Um comentário em A imprevista classificação antecipada – Caxias 2×0 São Paulo

  1. Sapone diz:

    HÁ duas semanas, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *