A Série C é logo ali

0000000002Jogo importantíssimo pra nação rubro-negra. Mãos suando, frio, calor, unhas roídas. Tudo era válido pra espantar o nervosismo. Enquanto o time adversário aquecia em campo, a provocação era imensa. O Brasiliense vinha com uma baita moral, sem derrotas na competição. Até o último domingo.

O vento, que no último jogo deu uma ajudinha, não estava presente. Mas quem precisa de vento a favor quando se tem uma torcida de arrepiar até o último fio de cabelo? Como sempre, o coração de cada torcedor entrou em campo. Apoiou do início ao fim e deu um espetáculo.

O primeiro tempo foi parelho, ambos os times não davam brechas. Porém, só pra deixar o torcedor com os nervos à flor da pele, o Brasiliense achou um gol aos 13 minutos. Foi um banho de água fria. Aquele BANDO DE JACARÉS (ns) começou a ENROLAÇÃO REPTILIANA (ns¹²³) parando o jogo toda hora, afinal o placar estava a favor deles. Cada chute a gol do Brasil era um jogador adversário caído. O baile seguiu, mas não tivemos mais gols na primeira etapa.

O segundo tempo foi muito mais agitado com inúmeras chances de gol. A vontade de conseguir o empate era tão grande que o Fernando Cardozo quase fez um gol contra. A sorte foi que ele pegou mal na bola e ela bateu NA TRAVE. Tive uns 3 segundos de experiência quase morte (ns). A torcida continuou confiante e queria a virada. E eu sabia que ela viria. Deuses ouviram minhas preces e entre um grito e outro, saiu o gol de empate. CIRILO de cabeça fez o dele e deixou tudo igual. A torcida rubro-negra foi ao delírio e passou a acreditar, ainda mais, na virada.

Mais um gol e ficava tudo mais tranquilo pro próximo jogo lá em Brasília. E a tranquilidade veio aos 29 minutos. Depois da cobrança de Rafael Forster, Fernando Cardozo cabeceou na área e marcou o segundo gol Xavante. A explosão da torcida foi tão INSANA que o chão tremia e quase caiu tudo (rs). Dava pra fazer até mais, mas a bola não entrava e era BICO pra tudo que é lado.

000003
Fim de jogo. 2 a 1 para o Brasil. De virada. Estamos com boas chances de retornar à Série C. Foi uma vitória merecida, suada e com a cara do Brasil. Nossos guerreiros jogaram com raça e amor à camisa, no mesmo ritmo da torcida. O próximo jogo será em Taguatinga-DF, no dia 19, às 16h, no estádio Boca do Jacaré. A torcida vai junto, como sempre.

Apenas um jogo separa o Brasil da tão sonhada série C. Serão só 90 minutos, mas que, com certeza, durarão muito mais do que gostaríamos.

Haja coração!

As fotos são do Italo Santos (Assessoria GEB)

Jéssica GEBhardt

Publicado em Brasil de Pelotas, Série D com as tags , , , . ligação permanente.

3 Respostas a A Série C é logo ali

  1. lucas diz:

    A bola na trave do FC foi no 2º tempo. :)

  2. Jéssica Gebhardt diz:

    #1 Erro corrigido, Lucas. Obrigada! :)

    Vou demitir o estagiário que fez isso (ns).

    Abraço!

  3. Pingback: A série B é logo ali | Toda Cancha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *