Uma tarde para consolidar convicções e levantar questões

DJZaIdFXUAIZO1s

Foto: Tales Leal | AI ECP

A nublada tarde do dia 10 era para selar a classificação, entretanto havia pela frente um Pelotas que, na parte de baixo da tabela, veio a 200 km/h a fim de reverter a situação e levar os primeiros 3 pontos no torneio.

Com o meia Thiago Saraçol machucado, a opção de reposição foi o meio-campista recém contratado Diego Saraçol, que fora apresentado ainda na semana de trabalho visando a partida contra o Lobo. De resto, o time foi o mesmo. Rodrigo compôs a meta indígena. Itaqui, Valença, David e Jocenir fecharam a linha de defesa. Na companhia de Diego Saraçol, os outros meio-campistas foram Diego Borges, Renan Pedrada e Mauricio. No ataque, Edgar Alemão e Welder.

O Pelotas começou o jogo muito mais ligado. De fato, o entrevero tinha caráter muito mais decisivo para o áureo-ceruleo do que para o Guarany. No entanto, o time do Thiago Gomes pouco jogava, mas foi numa falta boba na intermediaria que Jean Roberto enfiou um chute embebido de ódio na FORQUILHA da meta alvirrubra, inaugurando o placar de UM A ZERO PROS CARA no Estrela d’Alva.

DJZaIY9XcAIyiCh

Foto: Tales Leal | AI ECP

O jogo, mesmo com o gol do Pelotas, seguiu morno. Os 22 tauras pareciam fazer parte de uma USINA que tentara acender um PALITO DE FÓSFORO. Com o relógio se arrastando, foi aos 37 do primeiro tempo que a bola pingou na área para Welder, sem misericórdia, afundar Rafael Copetti gol a dentro e instalar o carnaval nas arquibancadas da cancha, empatando o placar dando justiça ao jogo.

A festa, todavia, logo foi PODADA pelo APITO AMIGO que, no minuto seguinte, marcou um pênalti altamente discutível para os visitantes, dando a oportunidade para XUXA deslocar Rodrigo e colocar o Lobo novamente na liderança (mas CALMA, do placar). 1-2 Pelotas.

No segundo tempo, logo aos 8′, após duas tentativas frustradas de afastar a bola, a zaga do Pelotas empurrou Edgar Alemão para o solo. Pênalti para o único bicampeão gaúcho onde Welder, com uma cátedra ÍMPAR, colocou como se tivera um pé de ANJO, a bola na gaveta, sem chances nenhuma, empatando novamente a partida.

159b5ad76cf2311505078646

Foto: Yuri Cougo

O empate não era bom para o Pelotas. Tendo estado duas vezes a frente do placar, o Lobo percebeu que poderia ser feliz e foi pra cima, passou a ter mais volume de jogo -até pela necessidade do resultado positivo- e começou a pressionar. Porem nao contava com Rodrigo, que salvou o encarnado-e-branco numa bola MANO A MANO com o atacante.

No mais, o ECP passou o resto do jogo sem oferecer REAIS perigos, mostrando-se um time com pouco repertório ofensivo e que jogava a bola pra área em qualquer oportunidade, mesmo se fosse uma falta na LINHA DE MEIO CAMPO.

No fim, a partida serviu para consolidar o sistema defensivo, principalmente o miolo de zaga com Valença e David que tiveram boa atuação. O encontro de duas peças sólidas aliada a competência do Leco em montar boas defesas esta fazendo do Guarany um time que sofre poucos gols (apesar de sofrer dois ontem, foram dois de bola parada, sendo um de pênalti).

No ataque, Welder mais do que nunca mostra sua face MESSIAS, aparecendo nos momentos oportunos e escrevendo uma trajetória muito bonita com as três listras vermelhas no peito. Por outro lado, questões surgiram:

-Porque um jogador que chega no meio da semana do jogo ganha a titularidade deixando Ramon dos Reis (que fizera uma boa atuação contra o Grêmio semana passada) no banco?

-Rômulo entrando bem, imprimindo uma mentalidade mais aguda no segundo tempo e explorando os espaços não seria uma alternativa à eventuais faltas/quedas de produção do Edgar Alemão na metade final do jogo (inclusive pensando no desenvolvimento de um jovem jogador mirando a Terceirona do ano que vem)?

Com o jogo terminando empatado em 2 a 2, mais o empate entre Grêmio e Bagé, o Índio manteve a liderança do grupo A, dependendo apenas de si para classificar em primeiro. Para isto, será necessário uma vitória no clássico BAGUA, domingo que vem, em jogo válido pela ultima rodada da primeira fase.

Kauê Monteiro

 

 

Publicado em Copa RS 2017, Futebol, Guarany de Bagé, Pelotas com as tags , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *